Search
Close this search box.

Devido à pandemia causada pelo Coronavírus, todas as 27 Casas Legislativas estaduais tiveram que se adaptar e passaram a adotar sistema de deliberação e votação remota, por exemplo. Graças à tecnologia, os trabalhos foram mantidos e as demandas da população, atendidas.

Tendo em vista a urgência na celeridade das ações e a necessidade de estar a postos, caso o governo precise adotar medidas emergenciais, a exemplo do Congresso Nacional, algumas Casas decidiram cancelar o recesso parlamentar do meio do ano.

Desta maneira, as Assembleias Legislativas da Bahia, Ceará, Espírito Santo, Paraná, Paraíba, Rio Grande do Norte e Sergipe continuam trabalhando ininterruptamente, para votar novas medidas de enfrentamento ao efeitos causados pela Covid-19, se houver necessidade.

Os estados do Acre, Amazonas, Rondônia, Roraima e Rio Grande do Sul não suspenderão o recesso parlamentar. Os demais ainda avaliam a manutenção ou suspensão.

Quanto ao fechamento das Casas, doze não fecharam por completo, já voltaram a funcionar ou retomaram com restrições, liberando acesso apenas para jornalistas, parlamentares e equipe técnica, com medidas extras de higiene. São elas: Alagoas, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo.
As outras 15 Assembleias Legislativas continuam fechadas e os trabalhos, por enquanto, acontecendo de forma remota.

Marina Nery / Ascom Unale
Compartilhe!