Search
Close this search box.

d1f3kr4hcblraervu145eoldetdalxvkeflnicaiFoi aprovado nesta terça-feira (03) em segunda votação no plenário da Assembleia Legislativa do Paraná, o Projeto de Lei 67/19 de autoria do deputado estadual Michele Caputo (PSDB), que institui no estado do Paraná a “Campanha permanente de conscientização e incentivo à vacinação”. Apresentado no início de 2019 o PL tem como objetivo reforçar a importância da imunização e esclarecer a população sobre os mitos e verdades em torno do tema.

A ideia é propor ações intersetoriais de conscientização da comunidade, ressaltando a segurança das vacinas ofertadas na rede pública. Outras medidas também podem ser adotadas, conforme explica Caputo. “As equipes de saúde têm que ir para a rua e fazer a busca-ativa dos públicos-alvo de vacinação. É preciso ofertar a vacina nas escolas, creches, empresas, supermercados, praças e parques. Facilitar o acesso é fundamental”, explica.

O motivo é o avanço do sarampo no Paraná. Além disso, recentemente o Estado registrou casos de febre amarela, outra doença imunoprevenível e que há décadas não circulava no Paraná.

“Doenças praticamente erradicadas estão voltando à tona por causa das baixas coberturas vacinais. As redes sociais estão cheias de fake news sobre o tema. Temos que mostrar que de fato as vacinas são seguras e essenciais para a proteção das pessoas”, enfatiza o deputado.

Recentemente o Ministério da Saúde (MS) anunciou a antecipação da campanha de vacinação contra a gripe, que começará no dia 23 de março. O objetivo será imunizar o maior número de pessoas, facilitando assim o diagnóstico de possíveis casos do novo Coronavírus no Brasil. Esta antecipação também já havia sido solicitada pelo deputado Michele Caputo, que também pediu ao MS que o estado do Paraná receba prioridade na distribuição dessas vacinas.

FONTE: ALEPR
Compartilhe!