alema-22-08As ferramentas de combate às fake news e os meios judiciais para impedir a propagação de notícias falsas foram os destaques do minicurso “FakeNews: Identifcar e Combater”, promovido pelo Instituto Maranhense de Estudos sobre Responsabilidade Pública (Imerp), na Assembleia Legislativa do Maranhão. A capacitação foi ministrada pela jornalista e mestranda em Comunicação, Aline Louise, com a participação do advogado Pedro Marinho.

O minicurso, que foi realizado nos dias 6 e 7 de agosto, apresentou as principais ferramentas para combater às fake news, bem como as consequências causadas pela propagação de notícias falsas. Durante os dois dias de capacitação, os participantes discutiram sobre técnicas de checagem, estudos de casos e ferramentas atualizadas para identificar fake news.

“Falamos, neste último dia, sobre as novidades para perceber a manipulação de imagens e vídeos e quando isso acontece. O objetivo é contribuir para que a opinião pública seja formada a partir de informações verdadeiras”, destacou a jornalista Aline Louise.

O tema também foi abordado à luz da legislação brasileira, apontando o papel do Poder Judiciário no combate às notícias falsas e a quem pode ser atribuída responsabilidade pela produção e divulgação de fake news.

“O Imerp vem trazendo várias situações de interesse público da administração para a sociedade em geral. Hoje, discutimos as ferramentas de identificação de fake news e as maneiras, juridicamente, para combater essas notícias falsas”, disse a advogada Tatiana Costa, assessora da Procuradoria Geral da Alema.

“Foi um curso importante para nós, jornalistas, que lidamos diretamente com a informação e fontes. É, também, fundamental para quem trabalha com assessoria, para sabermos administrar situações desse tipo, caso aconteçam com nossos assessorados”, completou Ellen Serra, assessora parlamentar.

Fonte: ALEMA
Compartilhe!