Search
Close this search box.

agricultura_renegociarOs agricultores familiares de Mato Grosso que estão inadimplentes com o Programa Nacional de Crédito Fundiário (PNCF) poderão renegociem suas dívidas até o dia 28 de março de 2013. A data é a última estipulada pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) para que os produtores negociem juros reduzidos e melhores condições de pagamento.

O deputado Ezequiel Fonseca (PP) afirma que a quitação da dívida possibilita ao pequeno produtor a aquisição de novas linhas de crédito. “É de extrema importância a renegociação da dívida, além de o produtor não perder a terra, ele ficará adimplente e poderá ser beneficiado com novos créditos como moradia rural, financiamentos de custeio e de investimentos na propriedade. Além de voltar a produzir e consequentemente gerar renda no campo”, explicou.

O deputado informa que em Mato Grosso cerca de cinco mil famílias fizeram o crédito, no entanto 70% delas ainda não conseguiram pagar a dívida. “O trabalhador rural do Estado passa por grandes dificuldades porque luta, trabalha e muitas vezes não consegue quitar sua dívida. A portaria do MDA vem ao encontro das reais dificuldades dos produtores, que enfrentam grandes dificuldades. Ela oferece uma nova oportunidade a eles e estamos divulgando a importância de fazerem essa adesão”.

A resolução antiga dava o prazo para pagamento até o dia 30 de setembro de 2012. Mas a nova foi aprovada com prorrogação do prazo para março de 2013 e redução dos juros.

O Crédito Fundiário é um programa do governo federal, executado pela Secretaria da Agricultura e do Abastecimento e pelo Instituto Emater, que prevê o repasse de recursos para compra de terra até o limite de R$ 80 mil por família. O financiamento beneficia famílias em situação de extrema pobreza no meio rural e aquelas com renda anual até R$ 15 mil e patrimônio até 30 mil, sendo que todos os beneficiários devem ter no mínimo cinco anos de experiência em atividade agropecuária.

Fonte: ALMT
Foto: Divulgação

Compartilhe!