entrada_xviJá está quase tudo pronto para a abertura da XVI Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE). Cerca de 100 pessoas dão os retoques finais à infraestrutura do evento, no Centro de Convenções de Natal, que sediará o evento – o maior encontro parlamentar da América Latina. Equipes de apoio de diversas assembleias legislativas, da Unale, de fornecedores e parceiros estão concluindo as montagens de estandes, equipamentos de áudio e vídeo, sala de imprensa e salas dos eventos simultâneos.

O evento será aberto, oficialmente, na próxima quarta-feira (30), a partir das 20h. Os eventos paralelos abrigados pela XVI CNLE começam nesta terça-feira (29). A promoção é da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), em parceria com a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

“Matriz energética e alternativas para o futuro” é o tema do encontro, que deve reunir mais de 1.200 participantes e apresenta como novidade a realização de reunião da Confederação Parlamentar das Américas (COPA), que envolve parlamentares de todo o continente no debate de direitos humanos, meio ambiente e desenvolvimento sustentável e a situação das mulheres. Outra novidade é a realização da Feira de Produtos e Serviços, cuja abertura ocorre às 9h de terça-feira (29).

foto-1A solenidade de abertura vai contar com a governadora do Estado, Rosalba Ciarlini (DEM); da prefeita de Natal, Micarla de Sousa (PV); da Câmara de Natal, Edivan Martins (PV); do presidente da Unale, José Luis Tchê e do presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ricardo Motta. A seguir, a Unale faz a entrega da comenda a personalidades de destaque e será servido um coquetel aos participantes.

O ciclo de palestras começa na quinta-feira (31). O governador Eduardo Campos, de Pernambuco, fala sobre “A importância da energia para o desenvolvimento dos Estados”. O economista Ricardo Amorim analisa “Brasil – desafios e oportunidades nesta década”. O ex-ministro Shigeaki Ueki expõe “Evolução da matriz energética” e o governador Marcelo Déda, de Sergipe, faz a palestra “Energia para nacionalização da indústria de fertilizantes e desenvolvimento do agronegócio”.

Na parte da tarde, vai a debate a Revisão do Pacto Federativo, com a participação do senador e ex-governador do Paraná, Roberto Requião; da coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lúcia Fattorelli; do ex-secretário da Receita Federal, Everardo Maciel; do conselheiro do TCU de Minas, Sebastião Helvécio; da deputada estadual Aspásia Camargo (RJ); do membro da Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), João Pedro Casarotto e do professor de Marketing Silvio Teitelbaum.

Na sexta-feira, dia 1º de junho, os deputados federais Danrlei (RS) e Vicente Candido (SP), relator da Lei Geral da Copa, e o deputado estadual Roberto Dinamite (RJ) participam da mesa redonda “Olimpíadas e Copa do Mundo – desafios e oportunidades”. A nova diretoria da Unale será eleita e empossada em seguida.

Compartilhe!