Uma delegação de parlamentares estaduais brasileiros participa do maior evento dos parlamentos americanos, a National Conference of State Legislature – NCSL, de 08 a 11 de agosto de 2011, na cidade de San Antonio, Texas. O encontro reúne aproximadamente 5 mil conferencistas.

Uma delegação de parlamentares estaduais brasileiros participa do maior evento dos parlamentos americanos, a National Conference of State Legislature – NCSL, que acontece de 08 a 11 de agosto de 2011, na cidade de San Antonio, Texas. O encontro reúne aproximadamente cinco mil conferencistas, entre legisladores, funcionários dos legislativos, organizações não governamentais e delegações internacionais.

De acordo com o presidente da Unale, deputado José Luis Tchê (PDT-AC), que chefia a delegação parlamentar brasileira, a instituição tem presença marcante nos eventos da NCSL. “Divulgamos o Brasil e as boas ações desenvolvidas no nosso País, compartilhando experiências com legisladores de diversas nações. Foi nas conferências da entidade americana que se iniciaram as parcerias com o Senado da República da Rússia e com integrantes do Governo Chinês que estão possibilitando a integração dos parlamentares estaduais dos países pertencentes aos BRICS – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul”, observou.

Nesse ano, a Unale conta com espaço para falar a todos os integrantes estrangeiros presentes sobre o cenário político econômico brasileiro. O deputado estadual Luciano Nunes (PI) abordará, em nome da delegação brasileira, o potencial econômico brasileiro e os principais produtos do Brasil. O Presidente Tchê também entregará convite para que os legisladores estrangeiros participem da XVI Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais, que acontecerá em maio de 2012, na cidade de Natal, Rio Grande do Norte.

Participam da conferência no Texas, além do presidente da Unale, José Luis Tchê, os deputados Artagão Jr. (PR), Alencar da Silveira Jr. (MG), Joares Ponticelli (SC), Luciano Nunes (PI), Antônio Júlio (MG), Célio Moreira (MG), o diretor da entidade, Lauri Gischi e o assessor de assuntos internacionais, Fabiano Geremia.

Unale mostra o Brasil para o mundo

Em seu discurso em inglês na NCSL, o deputado piauiense, Luciano Nunes, abordou a produção agrícola e o processo de industrialização do Brasil “Somos um País essencialmente agrícola há mais de 450 anos, mas nas últimas cinco décadas, com intenso processo de industrialização, o Brasil tornou o setor secundário responsável por um terço do PIB nacional, apesar das desigualdades sociais”, disse.

O parlamentar também lembrou que o Brasil é o maior exportador mundial de café. “O Brasil se tornou o terceiro maior exportador de produtos agrícolas do mundo. Uma série de fatores garantiu o avanço da agricultura brasileira nos últimos anos: recursos naturais (solo, água e luz) abundantes, diversidade de produtos, um câmbio relativamente favorável desde o começo dos anos 80, o aumento da demanda dos países asiáticos e o crescimento da produtividade das lavouras”, observou.

Nos produtos tradicionais, como café, suco de laranja e açúcar, o País manteve a liderança. A participação brasileira no mercado de café oscilou entre 29% e 33% nos últimos 10 anos. No suco de laranja, o País é responsável por 80% das exportações mundiais – a maior fatia de um produto agrícola brasileiro.  O Brasil já ocupa o primeiro lugar no ranking de exportação em vários produtos agrícolas – açúcar, carne bovina, carne de frango, café, suco de laranja, tabaco e álcool. Também é vice-líder em soja e milho e está na quarta posição na carne suína, afirmou.

Compartilhe!