Search
Close this search box.

Nesta terça-feira (24), o presidente da Unale, deputado estadual Lidio Lopes (MS), acompanhado da tesoureira-geral, Ivana Bastos (BA), do secretário-geral, José Luis Tchê (AC) e do diretor-geral, Evaldo Bazeggio, estiveram presentes na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE), para realizar a entrega do troféu do Prêmio Assembleia Cidadã. A comitiva foi recebida pelo presidente da Casa, deputado estadual Eriberto Medeiros (PE) e pelo vice-presidente da Região Nordeste da Unale, deputado Diogo Moraes (PE).

“É muito honroso estar aqui para realizar a entrega do Prêmio Assembleia Cidadã, que foi merecidamente vencido por esta Casa Legislativa, juntamente com seus servidores que fazem um trabalho de sustentação para o Parlamento Estadual ”, destacou Lidio.

A escolha do projeto foi realizada em duas etapas, sendo finalizada na ocasião da 24ª  Conferência Nacional da Unale , em Campo Grande/MS, onde a Casa Legislativa venceu na categoria Projetos Especiais,  com o projeto “Lideralepe”.

Diogo destacou que o prêmio foi criado a fim de estimular ações legislativas mais humanizadas. “Nós ficamos muito felizes e orgulhosos com o reconhecimento da Unale. O projeto é fruto de uma parceria entre a Assembleia Legislativa e a Universidade Federal de Pernambuco, que tem por objetivo democratizar o conhecimento sobre ciência política para a população, por meio de cursos gratuitos ministrados por professores do mais alto gabarito”.

O projeto surgiu com o propósito de apresentar, por meio de seminários, capacitações e simpósios, as mudanças do ambiente político moderno e as inovações exigidas para o exercício deste papel. A Casa Legislativa ainda recebeu o valor de R$ 20 mil para custear a expansão do projeto e obteve o direito de usar o selo Assembleia Cidadã.

O presidente da Assembleia Eriberto Medeiros comentou sobre o encontro e a honra de receber este grande troféu.  É um momento de muita honra e felicidade para a Alepe que recebe pela segunda vez esta premiação, isto é o fruto do trabalho de todos os servidores da Assembleia, ele foi construído com muita dedicação.

Esta foi a segunda edição do Prêmio Assembleia Cidadã. Por meio dele, a Unale procura contemplar projetos que humanizam os serviços prestados pelo Poder Legislativo Estadual. A tesoureira geral da Unale, deputada Ivana Bastos (BA), destacou a importância da premiação.

“O prêmio visa o reconhecimento de iniciativas executadas pelas Assembleias Legislativas, que aproximam o Poder Legislativo do cidadão, além de valorizar boas práticas que buscam humanizar as ações do parlamento estadual em suas relações internas, com outros órgãos, poderes e com a sociedade, pautada por valores como humanização, atenção social, promoção da cidadania, valorização da cultura, sustentabilidade e boa gestão ”.

Confira os ganhadores da 2ª edição em cada categoria:

ATENDIMENTO AO CIDADÃO: Projeto “Procon Legislativo + Cidadão”, da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

O projeto atua na aproximação entre Estado e Cidadão, levando serviços públicos de orientação jurídica e cidadania por meio do Balcão do Consumidor, Escola do Consumidor e Praça do Consumidor.

GESTÃO: Projeto “E-Legis”, da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (Alern).

A ferramenta começou a ser desenvolvida em 2018 com sua primeira versão implantada em agosto de 2019. Com a pandemia, em 2020, e a adoção das medidas de distanciamento social, a necessidade de criar alternativas para dar continuidade às atividades legislativas impulsionou o desenvolvimento do Módulo de Plenário do E-Legis, integrado com o painel eletrônico do Sistema de Deliberação Remota.

PROJETOS ESPECIAIS: Projeto “Lideralepe”, da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

O projeto surgiu com o propósito de apresentar, por meio de seminários, capacitações e simpósios, as mudanças do ambiente político moderno e as inovações exigidas para o exercício desse papel. O público-alvo engloba vereadores, prefeitos, secretários municipais, líderes comunitários, além de estudantes dos ensinos médio e superior. No entanto, as inscrições para os cursos são abertas a todos os interessados.

Por Danilo Gonzaga /Ascom Unale

Compartilhe!