alrs_2A partir de hoje (22), a TV Assembleia gaúcha passa a integrar a Rede Legislativa de TV Digital, ao lado das TVs Câmara e Senado, e TVs legislativas do Distrito Federal, São Paulo, Minas Gerais e Ceará. Moradores de Porto Alegre e Região Metropolitana podem acompanhar a programação pelo canal 61.2.

A TV Assembleia gaúcha passa a integrar oficialmente a Rede Legislativa de TV Digital, ao lado das TVs Câmara e Senado, e dos canais legislativos do Distrito Federal, São Paulo, Minas Gerais e Ceará. Os presidentes do Parlamento gaúcho, Alexandre Postal (PMDB), e da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), assinaram, nesta manhã, durante solenidade no Salão Júlio de Castilhos, o plano de trabalho entre as duas casas legislativas, oficializando o início da transmissão da programação da TV AL em canal digital aberto (61.2) para Porto Alegre e Região Metropolitana.

Ao final da cerimônia, foi descerrada uma placa alusiva ao evento. Também foram assinados outros três acordos envolvendo, além da AL e Câmara dos Deputados, 12 câmaras municipais e a TVE – Fundação Cultural Piratini de Rádio e Televisão.

Durante a solenidade, a jornalista Magda Beatriz, primeira âncora da TV AL, apresentou um breve telejornal que contou a história da TV Assembleia. Reportagens produzidas pela equipe de jornalismo da TV AL fizeram a retrospectiva da criação e desenvolvimento do canal legislativo do Parlamento gaúcho e mostraram a cobertura das recentes eleições municipais, realizada em parceria com a TV Câmara. Uma reportagem da TV Câmara explicou o funcionamento e ampliação da Rede Legislativa de TV Digital. Por fim, foi feito um giro pelo interior com repórteres das TVs das Câmaras de Vereadores de Pelotas, Caxias do Sul e Cruz Alta.

Como sintonizar

 A Rede Legislativa de TV Digital é transmitida pelo canal digital 61, que pode ser subdivido em quatro canais (multiprogramação). Assim, as transmissões das programações da Câmara dos Deputados ocorrem no canal 61.1, da Assembleia Legislativa  no 61.2, do Senado Federal  no 61.3 e das câmaras de vereadores locais no 61.4.

Para sintonizar a TV AL digital, é preciso ter em casa um televisor de plasma, LCD ou de LED com conversor digital integrado. Esse conversor também pode ser acoplado em aparelhos de televisão desse tipo que não o possuam de fábrica. A programação da TV AL em sinal analógico continuará sendo transmitida pelo canal 16 da NET em Porto Alegre e mais 16 municípios do Estado. A programação também pode ser assistida pela Internet através do portal www2.al.rs.gov.br/tvassembleia/.

Democratização da informação

Para o presidente da Assembleia Legislativa, a inauguração dos canais digitais em canal aberto UHF da TV Câmara Federal, da TV Assembleia gaúcha e da TV Senado é um importante momento na história da democracia no Estado. “A rede legislativa, que hoje oficializamos no Rio Grande do Sul, através da transmissão simultânea das emissoras da TV Câmara, TV Senado, TV Assembleia e TVs das câmaras municipais, pelo canal 61, por meio do canal digital, é uma feliz realidade na democratização da informação, um passo importante no trabalho que é realizado pelos legislativos”, avaliou Postal.O parlamentar ainda destacou que a parceria com a Câmara e o Senado irá possibilitar que, em breve, seja implementada a Rádio FM da ALRS.

alrs_4O presidente da Câmara dos Deputados, por sua vez, declarou-se um entusiasta de projetos de parceria entre as casas legislativas federais, estaduais e municipais, projetos que possibilitam que “os trabalhos realizados pelos nossos Parlamentos cheguem a todos os rincões do País”. Maia ressaltou a necessidade de aproximar cada vez mais o Legislativo das comunidades. “Tenho plena convicção de que quem assiste a TV Câmara, a TV Assembleia, sabe e tem compreensão do que é o papel realizado pelo nosso Parlamento e o que é realizado pelos nossos parlamentares”, afirmou. O deputado federal também registrou a oficialização de intercâmbio entre as Rádios Câmara e Assembleia, que futuramente será ampliado para as Rádios das câmaras municipais, e de compartilhamento de programas entre a TV Câmara e a TVE.

O deputado federal Giovani Cherini (PDT-RS) e o deputado estadual Adão Villaverde (PT), ex-presidentes da Assembleia Legislativa do RS, também se manifestaram durante a cerimônia. Foi sob a presidência do primeiro, em 2010, que começaram as tratativas para a implementação do canal da TV AL em sistema digital e aberto e na gestão do segundo, em 29 de agosto de 2011, que foi assinado o acordo de cooperação técnica entre a ALRS e a Câmara dos Deputados com o objetivo de adotar ações conjuntas para a transmissão de TV digital aberta em Porto Alegre e Região Metropolitana. “Será uma grande oportunidade de melhorar os mandatos, dar qualidade aos nossos projetos e, ao mesmo tempo, estar presente no Parlamento e nas comunidades”, declarou Cherini. “Não tenho dúvidas de que, com esse alcance que a TV Assembleia terá, haverá melhores condições do representado acompanhar o trabalho do representante. Isso vai signficar não só informação, mas mais controle e mais relação com a sociedade”, destacou Villaverde.

Representando a imprensa, o jornalista Batista Filho saudou a iniciativa, enfatizando o momento de celebração e o papel dos profissionais da área . “Este também é um momento de reiteração de compromissos básicos que todos nós temos com a sociedade. E esses compromissos são com a preservação de valores reais, imperecíveis: com a ética, com a transparência, com a moralidade e a divulgação, a propagação, a proclamação da verdade”, defendeu o presidente da Associação Riograndense de Imprensa.

 Outros documentos assinados hoje

Presenças

Estiveram presentes na solenidade os deputados Altemir Tortelli (PT), Cassiá Carpes (PTB), Edson Brum (PMDB), Ernani Polo (PP), Gilmar Sossella (PDT), Miki Breier (PSB), Pedro Westphalen (PP), Raul Carrion (PCdoB) e Ronaldo Santini (PTB); o deputado federal Luiz Noé (PSB-RS); o presidente das Câmara de Bento Gonçalves, vereador Valdecir Rubbo; o vice-presidente da Câmara de Caxias do Sul, vereador Francisco Spiandorello; o diretor da TV Câmara de Erechim, Daniel Mazon da Silva; o diretor de Comunicação da Câmara de Porto Alegre, Milton Gerson; a secretária de Estado de Comunicação e Inclusão Digital em exercício, Patricia Goulart; o presidente do Conselho de Comunicação do Tribunal de Justiça, o desembargador Tulio Martins; o subprocurador-geral de Justiça, Ivory Coelho Neto; o defensor público-geral do Estado, Nilton Leonel Arnecke Maria; o representante do Tribunal de Contas do Estado, Valtuir Pereira Nunes; a secretária de Comunicação Social da Câmara dos Deputados, Sueli Navarro; diretor de Mídias Integradas da Câmara dos Deputados, Frederico Schmidt; gerente de Televisão Digital da Câmara dos Deputados, Evelin Maciel; o secretário de Comunicação Social da UFRGS, Ricardo Schneiders; o superintendente-geral da ALRS, Fabiano Geremia; o superintendente de Comunciação Social e Relações Institucionais da ALRS, Marcelo Villas-Bôas; o diretor de Jornalismo da ALRS, Celso Bender; a coordenadora da TV Assembleia, Civa Silveira; além de representantes da Ajuris, dos senadores Ana Amélia Lemos (PP-RS) e Paulo Paim (PT-RS), entre outros.

Compartilhe!