Representantes do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística do Estado do Rio Grande do Sul (Setcergs) solicitaram ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gilmar Sossella (PDT), na última terça-feira (21), a criação de um projeto de lei que determine a cassação do registro comercial a receptadores de cargas roubadas em todo o Estado.

O presidente do Setcergs, Sérgio Gonçalves Neto, destacou a urgência do pleito, uma vez que não existe penalização que impeça os receptadores de permanecerem com suas atividades. Segundo ele, além de crime, o roubo de cargas aumenta o custo dos produtos, que acaba sendo repassado à população. Goiás, Paraná e São Paulo já tem lei específica penalizando receptadores.

Sossella garantiu apoio à reivindicação. “Sabemos da necessidade de uma lei que possa reduzir senão exterminar com o roubo de cargas, cada vez mais comum e prejudicial aos empresários e, por consequência, à toda a sociedade”, disse.

Fonte: ALRS

Compartilhe!