sergio_leiteO deputado Sérgio Leite (PT) é o novo presidente da Unale. Ele é o primeiro pernambucano a presidir a Entidade. Uma trajetória iniciada em 1999, quando o parlamentar ingressou na instituição, na qual já desempenhou importantes papéis como representante de Pernambuco na diretoria nacional e vice-presidente. Fruto de um acordo com o deputado Venâncio Fonseca (PP), último presidente, Sérgio Leite comandará a Unale até a realização da 18ª Conferência Nacional dos Legislativos Estaduais, prevista para maio deste ano.

Voltada para a consolidação da democracia a partir de um legislativo forte e uma atuação política coerente, a Unale é uma entidade que reúne os deputados de todo o país. O objetivo é reunir os parlamentares em torno de ações comuns, como o aprimoramento do Poder Legislativo Estadual, em resposta às demandas da sociedade e da classe política.

Em 2013, como vice-presidente da Entidade, Sérgio Leite participou de discussões importantes em nível nacional, como a reforma político-eleitoral e o novo marco regulatório para as telecomunicações.

Como presidente da Comissão de Reforma Política, criada pela Unale, Sérgio reforçou a necessidade de mobilização nas casas legislativas para que seja alcançada uma reforma político-eleitoral plena e não apenas a mini-reforma. Pesquisa desenvolvida pela Comissão Especial da Reforma Política da Unale ouviu deputados estaduais de todo Brasil sobre a reforma político-eleitoral. O estudo apontou que 85% dos parlamentares estaduais brasileiros aprovam a unificação das eleições, 49% querem o financiamento exclusivamente público para as campanhas eleitorais, 63% sugerem a votação nominal com lista aberta, voto proporcional por Estado (como é atualmente) e coligações somente majoritárias.

Para discutir o preço e qualidade do serviço de telefonia no Brasil, Sérgio Leite também participou de diversos eventos pelo país  promovidos pela Comissão Especial sobre Telefonia da Unale.O Brasil tem a tarifa de celular mais cara do mundo, segundo dados da União Internacional de Telecomunicações (UIT).

Em maio de 2013 Pernambuco sediou a 17ª Conferência da Unale, que reuniu mais de 1.500 participantes, incluindo parlamentares de todo o País em 14 eventos simultâneos que discutiram, entre outros assuntos, a Reforma Política, a Copa de 2014 e a importância da imprensa.

“Foi um dos encontros mais importantes dos já realizados pela entidade. Uma oportunidade de troca de experiências entre os deputados de todo o país para que possamos prestar serviços de melhor qualidade em nossos estados. Colhemos experiências importantes, participamos das articulações e nossas propostas foram ouvidas. Tivemos a oportunidade de ouvir as versões das reformas políticas do Senado e da Câmara e construir  nossas próprias conclusões. Além disso, os técnicos do poder legislativo também puderam trocar experiências para aprimorar os trabalhos desempenhados em cada estado. Hoje Pernambuco tem quatro assentos na direção da Unale, criamos a Secretaria de Segurança Pública, temos assento nas Comissões Nacionais de Políticas Públicas, das Mulheres, Juventude, Cidades e agora conquistamos a criação de mais duas secretarias: de saúde e educação. Com isso, temos a possibilidade de intervir no Congresso Federal para a aplicação das políticas públicas que discutimos nas casas legislativas estaduais, como a Assembleia Legislativa de Pernambuco”, avaliou Sérgio Leite.

Os pernambucanos Antônio Moraes (PSDB) e Tony Gel (DEM) ocupam cargos de titular e suplente do Conselho de Representantes de Assembleias Legislativas; além de Eriberto Medeiros (PTC), na suplência da Secretaria de Segurança Pública.

Compartilhe!