whatsapp-image-2019-04-05-at-15-59-22Suicídio, Automutilação e Violência contra a Mulher foram pautas da audiência que aconteceu nesta quinta-feira, 04, do presidente da Unale, Kennedy Nunes (PSD-SC) com a Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves e a Secretária Nacional da Juventude, Jayana Nicaretta. O encontro foi para tratar dos Seminários Regionais de Promoção e Defesa da Cidadania, que serão promovidos pela Unale e que irão tratar destas temáticas.

“Nossa intensão é entender de que forma podemos, enquanto legisladores, contribuir para tratar destes problemas tão latentes na nossa sociedade”, explicou Kennedy.

De acordo com a Ministra, “a iniciativa é extraordinária e o papel dos legisladores será de fundamental importância visto que os índices estão alarmantes e estamos chegando ao caos. Precisamos nos unir para salvar nossos jovens e crianças”, relatou. A ministra propôs ainda que os estados desenvolvam um Programa Estadual de Prevenção ao Suicídio e Automutilação, baseado do programa nacional elaborado pelo Ministério.

O suicídio é hoje a segunda causa de mortes de jovens no Brasil. Atualmente o país ocupa a oitava posição no ranking mundial e, segundo pesquisas, se os casos de tentativas forem devidamente notificados, o país assumirá a quarta posição.

“Estamos diante de uma grande epidemia. No Brasil temos 14 milhões de jovens se automutilando. Isso já se tornou uma questão de saúde pública”, reforçou Damares.

A primeira edição dos seminários regionais acontece em Brasília, e contará com a participação dos estados da região Centro-oeste. O encontro contará com o apoio dos Ministérios de Justiça e Segurança Pública, Saúde, Educação e o Cidadania. Além destes órgãos governamentais, outras entidades também participarão, como o Conselho do Ministério Público, o Conselho Nacional de Comandantes Gerais e entidades ligadas à área de saúde mental.

Juliana Freitas/ Ascom Unale
Compartilhe!