Em meio ao impasse de retomada das atividades presenciais e segunda onda de contaminação da Covid-19, governantes estaduais seguem em constante estudo técnico e análise sanitária para flexibilizar o retorno social e econômico de maneira física e, principalmente, de forma segura.

No Amapá foi assinado decreto de retomada gradual das aulas presenciais a partir de janeiro de 2021. No Ceará, segue a quarta e última fase do plano de retomada da economia. Desde o dia 25 de outubro estão autorizadas as aulas presenciais do Ensino Fundamental. Já o Rio Grande do Norte, o retorno das aulas de forma presencial está previsto para dia 1º de fevereiro de 2021.

Em Roraima, as aulas presenciais poderão retornar somente em 2021. No Paraná, é decretada a suspensão das aulas presenciais até 18 de dezembro e planejado o começo do ano letivo em 18 de fevereiro. Enquanto isso, no Rio Grande do Sul é apresentado novo protocolo de distanciamento, a maior parte do estado se encontra na bandeira vermelha.

No Distrito Federal, foi assinado novo decreto que determina o fechamento de bares e restaurantes fechem às 23h.

No Portal da Unale estão disponíveis estas e outras informações sobre o funcionamento dos serviços nas unidades federativas.

Por Camila Ferreira/ Ascom Unale
Compartilhe!