25900-901467-2017-09-25-23-06-18Neste 25 de setembro, em que se comemora o Dia Nacional do Trânsito, a Secretaria Especial de Saúde da Unale realizou a 1º reunião da pasta para planejamento de ações para a gestão 2017/2018. Um dos temas debatidos pelo grupo foi a elaboração de estratégias para reduzir índices de mortalidade por acidentes de trânsito e os seus consequentes impactos na saúde.
Presidida pela deputada Fabíola Mansur (PSB/BA), a reunião contou com a participação do secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, da vice-presidente da Unale, deputada Ivana Bastos (PSD/BA); dos parlamentares Raimundinho da Saúde (PTN/AC); Dr. Neidson Soares (PMN/RO), Goretti Reis (DEM/SE) e da coordenadora de Processos Finalísticos da Unale, Márcia Ferreira.
Segundo o secretário, 30% dos leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) estão ocupados por pacientes vítimas de acidentes de trânsito, destes, 60% são decorrentes de acidentes envolvendo motocicletas. “Estamos trabalhando tanto no âmbito federal quanto no estadual para combater esse momento grave em que a saúde do país vive, principalmente para reduzir a expressiva elevação de acidentes com motos”, afirmou.
“É uma preocupação da Unale mobilizar a sociedade e os órgãos para promover ações que visem reduzir a mortalidade no trânsito. O número é preocupante, já que, dentre as causas externas, os acidentes de trânsito são responsáveis pelo maior número de internações, e isso tem um peso econômico e social significativo para o país”, considerou a deputada Ivana Bastos.
Já a socialista Fabíola Mansur destacou que a preocupação da secretaria é tornar uma agenda nacional a questão dos acidentes de trânsito. Segundo Mansur, no dia 23 de novembro será realizado um evento em Salvador com o tema: “Epidemia de acidentes de trânsito e seus impactos na saúde” com representantes de diversos órgãos do máximo de estados brasileiros para elencar ações que ajudem a diminuir os casos de acidentes.
Fonte: ALEBA
Compartilhe!