sec_edu_pbJoão Pessoa (PB) foi sede do primeiro seminário da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia da Unale, que aconteceu nesta sexta-feira (9), no Centro de Convenções da capital. O evento contou com a presença do presidente da Unale, deputado Sandro Locutor (PPS-ES), da senadora Fátima Bezerra (PT-RN), membro titular da Comissão de Educação, Cultura e Esporte, do presidente da Assembleia da Paraíba, deputado Adriano Galdino (PSB-PB), além de prefeitos, secretários de estado, deputados estaduais da Paraíba e representantes de quatro Estados brasileiros.

O evento iniciou com a posse deputados que compõem a mais nova Secretaria Especial da Unale. O presidente Sandro abriu o evento falando da importância das discussões sobre o tema e ressaltou a relevância da secretaria para as discussões e desenvolvimento de políticas públicas para a educação.

O presidente da secretaria, deputado Ricardo Barbosa (PSB-PB) reforçou a necessidade da criação de projetos efetivos na área de educação e a democratização do acesso à ciência e à tecnologia. “Sem a educação não se vai a lugar algum. Vamos exigir mais dedicação e mais compromisso nas propostas apresentadas no Congresso”, acrescentou.

Educação
O seminário iniciou com o painel do financiamento público da educação, que tratou dos custos com educação no país e teve como palestrantes, a senadora Fátima Bezerra, o secretário de educação do estado da Paraíba, Aléssio Trindade de Barros e o deputado Buba Germano, presidente da Comissão Permanente de Educação da ALPB, que tratou dos custos com merendas e transporte escolar.

Em sua palestra, a senadora abordou tópicos do Plano Nacional de Educação, como o CAQ- Custo Aluno Qualidade, o FUNDEB – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica no Brasil, e outros programas de financiamento da educação no país. A senadora falou da necessidade de dimensionar melhor as ponderações dos estados e municípios para a redistribuição dos recursos do FUNDEB.

Fatima Bezerra encerrou sua apresentação comentando sobre o piso salarial de professor, onde afirmou que o grande desafio é ajustar o financiamento para garantir que se avance na questão da melhoria salarial e ressaltou que esse cenário necessita de maior auxílio da União. “Precisa ser construída uma política de valorização do professor. É doloroso ver chegarmos ao final do ano e nossos jovens não terem tido uma aula de certa disciplina o ano inteiro porque não tem professores. Infelizmente temos um déficit de professores pois o magistério e tratado como uma carreira que os jovens não sonham ter”, comentou.

Ciência e tecnologia
O segundo painel do evento tratou da Ciência e Tecnologia com o tema “Governança da internet no Brasil e a inclusão digital” e teve como palestrantes a Dra. Francilene Procópio, Secretária Executiva da Ciência, Tecnologia e Inovação da Paraíba, que apresentou o programa de incentivos à Pesquisa & Desenvolvimento e negócios com ênfase no aproveitamento da caatinga, gestão de águas e energias renováveis, e o Dr. Cláudio Furtado, presidente da FAPESQ – Fundação de Apoio à Pesquisa, que tratou da inclusão digital no Brasil e a governança da internet, que democratiza seu acesso.

Segundo o doutor, o modelo brasileiro é multisetorial e não é regulamentada pela Anatel. Cláudio acrescentou que o Brasil tem um modelo de internet que hoje é replicado em vários países. O modelo brasileiro, “Os10 Princípios da internet”, defendem a liberdade, privacidade e direitos humanos, governança democrática e colaborativa, universalidade, garantia da diversidade, inovação e neutralidade da rede, inimputabilidade da rede, funcionalidade, segurança e estabilidade, padronização e interoperabilidade.

A Secretaria
Tomaram posse neste evento os membros da Secretaria que fica com a seguinte composição:

Presidente – Ricardo Barbosa (PB)
Vice-presidente de assuntos legislativos – Josias da Vitória (ES)
Vice-presidente de assuntos políticos – Eliane Pinheiro (GO)
Vice-presidente de Assuntos Sociais – Wellington do Curso (MA)
Secretária – Lenir Rodrigues (RO)

Compartilhe!