Search
Close this search box.

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) debateu a Jornada da Saúde no Estado. O evento é promovido anualmente pelo Serviço Social do Comércio (SESC) e tem o objetivo de discutir os mais variados aspectos da saúde e da qualidade de vida. O tema da edição deste ano foi o “Fazer o Bem Faz Bem”, com foco na sustentabilidade.

Para promover o debate em Florianópolis, o evento contou com a participação dos palestrantes Rode Dilda Machado da Silva, que debateu a temática: “Reflexões sobre o Envelhecimento Humano”; e Adonai Zanoni, com a palestra show sobre o tema da jornada. A abertura do evento ainda contou com a apresentação do cantor Françoa Muleka.

Rode, que é professora do Núcleo de Estudos da Terceira Idade (NETI) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fez um apanhado histórico e filosófico sobre o processo de envelhecimento humano, partindo dos filósofos estoicistas, passando pelos pensadores iluministas até chegar nos dias de hoje. “Hoje precisamos entender e aprender mais sobre o processo de envelhecimento, que é um processo da vida inteira, enquanto vivemos, envelhecemos. Ter essa consciência é ser soberano sobre si mesmo”, esclareceu a professora.

Com o objetivo de incrementar o programa da jornada, Zanoni, que é coach e especialista em gestão de organizações e pessoas, trabalha o conteúdo de sua palestra sobre três pilares: o da sustentabilidade empresarial, o da visão cidadã e o da visão espiritual de todo o processo. “Estamos integrados com tudo e com todos, somos um só, uma só alma. Quando tivermos essa percepção de que ninguém passa por nossa vida sem razão, entenderemos o sentido de humanidade”, justificou Adonai.

A Jornada da Saúde deve ocorrer em 14 cidades sede do SESC ainda nesse semestre. Ao todo visitará 24 municípios catarinenses de maio a setembro com palestras gratuitas.

Fonte: Agência ALESC

Compartilhe!