Por unanimidade, os deputados da Assembleia Legislativa de Roraima aprovaram esta semana o Projeto de Lei que institui 14 de junho como o Dia Estadual do Doador de Sangue.

De autoria dos deputados Jalser Renier (PSDC) e Naldo da Loteria (PSB), o projeto tem por objetivo criar uma data estadual para conscientização da doação de sangue. O projeto foi idealizado por meio da iniciativa do médico pacifista Willian Santiago, que acredita ser necessário o incentivo à cultura da doação de sangue. A ideia foi levada aos deputados por membros da ONG (Organização Não-Governamental) Embaixada Mundial dos Ativistas pela Paz.

“Se o Estado estabelece esse calendário, ele estará dando o passo inicial para que essa cultura seja implantada nas escolas, nas instituições públicas, para que toda a sociedade passe a ter essa consciência de amor ao próximo e suprir essa necessidade de forma voluntária e de coração”, disse a coordenadora regional da Embaixada, Luciene Marques.

Para o presidente da ALE-RR, Jalser Renier, a criação do Dia Estadual do Doador de Sangue vai possibilitar a criação de um Termo de Cooperação com a imprensa e instituições de amparo e apoio ao cidadão, para unir forças nesta causa e ajudar a salvar vidas.

“Hoje, é um momento de muita alegria e satisfação. Fazer com que o Estado tenha a consciência ampla da importância de se doar sangue e, assim, salvar vidas”, comemorou Renier, que fez questão de deixar a presidência para votar no projeto.

Em discussão, o deputado Jorge Everton (PMDB), falou que já precisou de transfusão de sangue e sabe da importância do voluntariado. O deputado Gabriel Picanço (PRB), disse que foi por muito tempo doador de sangue e é consciente da necessidade de mais doadores.

Os deputados George Melo (PSDC) e Oleno Matos (PDT) também se manifestaram favoráveis ao projeto. Matos pediu ainda que, a Assembleia seja exemplo incentivando à prática da doação de sangue entre deputados e funcionários. O projeto segue agora para sanção governamental.

Fonte: Agência ALE-RR

Compartilhe!