Ao final da leitura da mensagem anual feita pela governadora Rosalba Ciarlini, durante a sessão solene de instalação dos trabalhos legislativos para este ano, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ricardo Motta, disse estar confiante  que 2012 será ainda mais positivo para o Estado. Ele afirmou que a Assembleia continuará apoiando os projetos do governo em benefício da população.No final de maio, o estado receberá a XVI Conferência Nacional da Unale.

Ao final da leitura da mensagem anual feita pela governadora Rosalba Ciarlini, durante a sessão solene de instalação dos trabalhos legislativos para este ano, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ricardo Motta, disse estar confiante  que 2012 será ainda mais positivo para o Estado. Ele afirmou que a Assembleia continuará apoiando os projetos do governo em benefício da população.No final de maio, o estado receberá a XVI Conferência Nacional da Unale.

“Um RN Maior é o que nós queremos. Nós torcemos e daremos apoio como fizemos em 2011”, disse o presidente da Casa, referindo-se ao projeto de governo mencionado pela chefe do Executivo, que será lançado em breve contemplando várias áreas setoriais.

“Os deputados trabalham e torcem para que a governadora Rosalba Ciarlini leve a bom termo a sua administração. Nossa Casa prestará esse apoio através dos debates livres e das votações democráticas”, disse o presidente, no encerramento da sessão solene que marcou a abertura da Segunda Sessão Legislativa da 60ª Legislatura.

Na sua mensagem, a Governadora destacou, como parte da política de desenvolvimento, a criação do Import-RN “com a preciosa colaboração deste Poder Legislativo, especialmente do presidente Ricardo Motta, que apresentou o projeto, e da quase unanimidade dos parlamentares que o aprovaram, que souberam da importância estratégica, econômica e social, desse projeto”.

Rosalba Ciarlini falou sobre as dificuldades que atravessou em 2011 e por isso no primeiro ano de administração não fez o governo desejado. “Fizemos o possível. Agora é que vamos administrar com um orçamento planejado, realista e técnico. 2011 foi o ano de superação e 2012 será o ano da arrancada das grandes realizações, com o RN Maior trazendo desenvolvimento e qualidade de vida para a população”, disse.

Texto: Assessoria de Comunicação Social da ALRN (com adaptações)

Compartilhe!