A realização de teleconferências, disseminando conhecimentos sobre temas relevantes para a população e integrando municípios em todo o Estado, ampliando o leque de atuação do Instituto do Legislativo Potiguar (ILP) como uma das metas para 2012, foi o anúncio feito hoje (27) pelo presidente Ricardo Motta, durante o reinício das atividades letivas do ILP.

A realização de teleconferências, disseminando conhecimentos sobre temas relevantes para a população e integrando municípios em todo o Estado, ampliando o leque de atuação do Instituto do Legislativo Potiguar (ILP) como uma das metas para 2012, foi o anúncio feito hoje (27) pelo presidente Ricardo Motta, durante o reinício das atividades letivas do ILP.

Além da aula inaugural proferida pelo professor Florian Madruga, presidente da Associação Brasileira das Escolas Legislativas e de Contas (ABEL), a solenidade foi marcada pela entrega dos certificados à primeira turma de especialistas em Gestão Pública e pela instalação, para o ano letivo que se inicia, dos cursos Tecnologia em Gestão Pública (graduação) e de Especialização em Gestão Pública, ambos realizados em parceria com a Unp.

“O ILP cada vez mais vem cumprindo com competência a sua nobre missão educacional, de capacitar e de valorizar os nossos servidores. Vem fazendo a diferença no dia-a-dia da Assembleia e essas pessoas também estão fazendo a diferença nos setores em que atuam, pois estão mais preparadas e motivadas a prestar um serviço com cada vez mais qualidade”, disse o presidente.

De sua instalação, em 2008, até hoje, o ILP já ofereceu mais de 120 cursos, se aproximando da marca dos 3.500 alunos inscritos. “O ILP se caracteriza pelo seu comprometimento com a formação profissional, ética e cidadã de servidores e de agentes da comunidade. A busca por uma administração ágil e eficiente, tendo como lastro o aprimoramento e a realização profissional se torna possível com o desenvolvimento no campo profissional e no seu próprio reconhecimento”, disse o professor Mizael Barreto, diretor executivo do instituto, que agradeceu o apoio do presidente Ricardo Motta, dos demais integrantes da mesa diretora da Casa e também dos chefes de setores pelo comprometimento com as atividades do instituto.

O orador da turma de especialistas em Gestão Pública, Washington Rogério Pires de Lima, fez um discurso emocionado: “Agradecemos o empenho dos que atuam pela melhoria dos serviços prestados e por acreditar no crescimento intelectual dos servidores. Aos poucos o ILP foi tomando parte de nossas vidas  e hoje certamente estamos mais preparados”, afirmou.

Escolas legislativas

Com quase duas décadas atuando no serviço público, o professor Florian Madruga proferiu a aula inaugural traçando um panorama histórico acerca das Escolas Legislativas e de Contas no País. Na ocasião, presenteou Ricardo Motta com um exemplar, em dois volumes, da Constituição Federal impressa em braile, confeccionada pelo Senado.

Se quando surgiram, há seis anos, eram apenas quatro escolas, hoje já existem mais de 83 espalhadas em todo o Brasil e integrantes das Assembleias Legislativas, Tribunais de Contas, Câmaras Municipais, Senado e Câmara Federal. Natal, inclusive, foi a primeira capital, entre as demais, a ter uma escola na sua Câmara Municipal.

“Vocês não tem idéia da motivação que há em cada servidor que quer voltar a estudar. Existem pessoas que passaram pelo menos vinte anos sem voltar ao banco escolar e sem nenhuma perspectiva profissional. De repente, a vida dessa pessoa muda e ela percebe que é uma peça importantíssima na engrenagem. Acredito muito nesse projeto de educação legislativa”, disse.

Foto: João Gilberto (ALRN)

Compartilhe!