O deputado Raniery Paulino (PMDB-PB) participou nesta terça-feira (16) em Brasília da solenidade em que a presidente Dilma Rousseff anunciou a implantação dos novos campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPB) de Guarabira e de outras cinco cidades paraibanas: Catolé do Rocha, Esperança, Itabaiana,Itaporanga e Santa Rita.

O deputado Raniery Paulino (PMDB-PB) participou nesta terça-feira (16/08) em Brasília da solenidade em que a presidente Dilma Rousseff anunciou a implantação dos novos campi do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPB) de Guarabira e de outras cinco cidades paraibanas: Catolé do Rocha, Esperança, Itabaiana,Itaporanga e Santa Rita.

“É um momento de imensa felicidade e de conquista não para só para a população de Guarabira e do Brejo, mas para toda a Paraíba, que através dos incentivos do Governo Federal, vê a expansão sobretudo do ensino técnico e da qualificação profissional de nossos jovens”, afirmou Raniery, que  no ato solene, acompanhou a prefeita de Guarabira, Fátima Paulino.

Ele lembrou que há muito vem lutando pela implantação do IFPB em Guarabira e reconheceu o papel de destaque da prefeita Fátima, do ex-governador Roberto Paulino, da Câmara Municipal, além das contribuições fundamentais dos professores João Batista e Paulo de Tarso, reitores da instituição de ensino na Paraíba.

Guarabira recebeu recentemente, o Núcleo Avançado do IFPB, que funcionará no Centro de Treinamento Paulo VI, prédio alugado pela administração municipal à Diocese de Guarabira. No local, à partir de setembro, terá início o Curso Subsequente de Informática.

Com o anúncio feito nesta terça pela presidente, cento e vinte municípios brasileiros receberão as novas escolas técnicas do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Segundo o Ministério da Educação (MEC), todas as unidades da federação receberão pelo menos uma nova unidade, que será administrada pelos institutos federais locais já existentes.

O estado que receberá o maior número de escolas técnicas será a Bahia, no total de nove. Seguida do Maranhão e São Paulo com oito escolas e Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro com sete escolas.

Compartilhe!