O líder do Partido dos Trabalhadores (PT) da Assembleia Legislativa de Goiás, deputado Karlos Cabral (PT-GO), apresentou  os nomes do partido para a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que vai investigar as relações do bicheiro Carlinhos Cachoeira com os órgãos e agentes públicos do Estado.

O Presidente da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania e Participação Legislativa (CDH) da Assembleia, deputado Mauro Rubem (PT-GO), será o titular do PT na CPI, sendo a suplência do deputado Luis César Bueno (PT-GO). Os petistas se juntam aos outros parlamentares já indicados por outros partidos: Helio de Sousa (DEM), Tulio Isac (PSDB), Talles Barreto (PTB), Daniel Vilela (PMDB)

Mauro Rubem acredita que a instalação da CPI é uma necessidade urgente e é categórico ao afirmar: “Queremos que esta CPI esclareça o envolvimento de qualquer membro de partido da oposição ou do governo, doa a quem doer”. O parlamentar declara também que a CPI não acabará em pizza. “Esta Casa Legislativa não pode fugir de seu papel e de sua responsabilidade. O parlamento não pode ser conivente com a maior crise moral e política de Goiás, que envolve, inclusive, o aparelho de segurança do Estado”.

Compartilhe!