O presidente da Unale, deputado estadual Joares Ponticelli (PP) defendeu na tribuna da Assembleia Legislativa de Santa Catarina mudanças no calendário eleitoral. A proposta do parlamentar é que eleições gerais aconteçam a cada quatro anos, mantido o direito  à reeleição.

“Não é mais admissível fazer eleições a cada dois anos porque isso gera gastos, muito cansaço e até apatia dos eleitores”, enfatizou o parlamentar.

Na opinião de Ponticelli, eleições de quatro em quatro anos já estaria de bom tamanho para o exercício de democracia e cidadania.

“Mais do que quantidade, o importante é a qualidade. Precisamos ter coragem para fazer essa discussão com a opinião pública. Ao se repetir a cada dois anos, o processo político-eleitoral para a máquina pública”, sustentou.

A deputada Angela Albino (PCdoB) disse que o atual calendário eleitoral é uma tragédia para a democracia e que torna o ambiente político muito instável. “Compartilho da sua convicção de que precisamos refletir melhor sobre isso. É muito caro para o país realizar eleições a cada dois anos”. Ela também defendeu o financiamento público de campanha “porque o financiamento privado causa danos à democracia”.

Texto: Júlio Cancellier

Compartilhe!