A partir desta segunda-feira (23), têm início os eventos de lançamento do Parlamento Jovem de Minas nos municípios participantes do projeto. Desenvolvido pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em parceria com a PUC Minas e câmaras municipais, o Parlamento Jovem estará presente em 41 cidades em 2015. A iniciativa, que neste ano tem a adesão de 14 novos municípios, tem o objetivo de estimular a formação política de estudantes do ensino médio.

Os estudantes vão discutir neste ano o tema “Segurança Pública e Direitos Humanos” – pela primeira vez, a escolha foi feita pelos próprios alunos. O assunto promete provocar discussões acaloradas entre os participantes do projeto, uma vez que o Brasil ainda apresenta índices de criminalidade elevados e os jovens são as maiores vítimas da violência.

Como mostra o diagnóstico Mapa da Violência de 2013, os homicídios são a principal causa de morte de jovens de 15 a 24 anos no Brasil e atingem especialmente jovens negros do sexo masculino, moradores das periferias e áreas metropolitanas. Dados do Ministério da Saúde mostram que 52,63% dos 52.198 mortos por homicídios em 2011 no País eram jovens. Desse total de vítimas, 71,44% eram negros e 93,03% eram do sexo masculino.

Fonte: Agência ALMG

Compartilhe!