A dívida pública do Rio Grande do Sul e a política econômica do governo federal foi um dos temas abordados na sessão plenária desta terça-feira (18), na Assembleia Legislativa do Estado. O deputado Raul Pont (PT) analisou a movimentação ocorrida na semana passada, quando o governador Tarso Genro e parlamentares estaduais foram ao Senado, em Brasília, para acompanhar uma possível votação do Projeto de Lei Complementar 99/2013 que tramita naquela Casa (mesmo projeto de número 238/2013 na Câmara).

Pont comentou as especulações sobre possíveis desavenças entre os governos estadual e federal.  “Queríamos retirar toda e qualquer dúvida em relação a isso, a partir dos dados e elementos bem objetivos, frios, que envolvem esse processo. A primeira coisa que deve ficar muito clara é que quem elaborou o projeto foi o próprio governo. O projeto de lei complementar nº 238/2013, já votado na Câmara dos Deputados, teve sua origem no Poder Executivo Federal, de onde ele emanou. Portanto é de autoria do governo.”

Salientou também que não houve nenhum proposição por parte do governo federal para a retirada do projeto, mas que o governo estadual se mantém mobilizado sobre a sua votação devido a importância da matéria. “Assim, não há razão para que se faça interpretações de que há divergências”, concluiu.

Fonte: Agência ALRS

Compartilhe!