congresso_rasileiro_cmaras_municipais

A União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) participou nesta terça-feira (02/08) do IV Congresso Brasileiro de Câmaras Municipais, na Câmara dos Deputados, em Brasília. A entidade foi representada pelo seu diretor-geral, Lauri Gisch. A participação no congresso faz parte da proposta da Unale de fortalecimento e reformulação do Pacto Federativo.

 

 

A União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) participou nesta terça-feira (02/08) do IV Congresso Brasileiro de Câmaras Municipais, na Câmara dos Deputados, em Brasília. A entidade foi representada pelo seu diretor-geral, Lauri Gisch. A participação no congresso faz parte da proposta da Unale de fortalecimento e reformulação do Pacto Federativo. O IV Congresso de parlamentares municipais é uma realização da Associação Brasileira de Câmaras Municipais (Abracam), com quem a Unale pretende unir forças na campanha do pacto. Vereadores de todos os estados do País participaram do encontro.

Para o presidente da Abracam, vereador Rogério Rodrigues, o debate e o engajamento dos legisladores estaduais e municipais na pauta do Pacto Federativo são de extrema relevância para fortalecer Estados e municípios. Rodrigues diz estar feliz com a presença da Unale no Congresso das Câmaras Municipais e ressaltou a importância do fortalecimento dos poderes legislativos. “Nós lutamos pelo fortalecimento do poder legislativo municipal, que achamos ser a base da pirâmide política brasileira. A Unale luta pelos poderes dos legislativos estaduais. Essa parceria deve ser fortalecida para que o País possa prosseguir positivamente com discursos coerentes e ações competentes”, afirmou.

O diretor-geral da Unale, Lauri Gisch justificou a ausência do deputado José Luís Tchê, presidente da Unale, que viaja para os Estados Unidos representando a entidade no maior evento legislativo das Américas – National Conference of State Legislatures (NCSL). Gisch observa que Unale e Abracam têm os mesmos anseios e que a parceria vai impulsionar as duas entidades. “Temos as mesmas necessidades e os mesmos objetivos. Precisamos nos unir. O Brasil é um país rico. Somos a oitava economia do mundo. Precisamos fortalecer os entes federados e reformar o sistema tributário. Estes são os maiores gargalos de municípios e estados”, finalizou em seu discurso de abertura.

O IV Congresso Brasileiro de Câmaras Municipais se estende até quinta feira e conta com diversas palestras, workshops e debates, todos voltados para a qualificação dos vereadores, assessores, estudantes e participantes.

Compartilhe!