Search
Close this search box.

A condição da mulher negra no mercado de trabalho foi tema de audiência pública realizada na terça-feira (20), no Dia Nacional da Consciência Negra, na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). A audiência foi promovida pela Comissão de Direitos Humanos e Cidadania do Legislativo, presidida pelo deputado Tadeu Veneri (PT), e da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

De acordo com os organizadores, as mulheres negras ganham 20% a menos que as mulheres brancas no mercado de trabalho, enquanto 71% das mulheres negras exercem ocupações precárias e informais.

O Legislativo paranaense promoveu, também, uma sessão solene para a premiação “Orirerê – Cabeças Iluminadas”, destinada a educadores e educandos com projetos pela valorização da cultura afro-brasileira e africana, e para o lançamento das comemorações dos dez anos da implementação da Lei 10.639/03, que determina o ensino da história e da cultura africana e afro-brasileira nas salas de aula do Paraná.

Fonte: ALEP

Compartilhe!