Search
Close this search box.

Inicialmente programada para o próximo dia 10, a volta às aulas na rede pública estadual será adiada em até uma semana em 25 das 36 gerências de educação. A informação foi confirmada na última sexta-feira (7) pela Secretaria Estadual de Educação. A mudança acontece em função da intensa onda de calor que atinge todas as regiões do estado e que deve permanecer pelos próximos dias no estado.

De acordo com o secretário estadual de Educação, Eduardo Deschamps, a alteração acontece visando o conforto dos alunos. Uma consulta a Epagri/Ciram indicou que as temperaturas previstas para os próximos dias em diversos municípios catarinenses devem oscilar entre 35ºC e 40ºC, com sensação térmica próximo aos 50ºC. Já a Vigilância Epidemiológica teria alertado sobre dos perigos do forte calor para a realização de atividades físicas e para a conservação dos produtos utilizados na alimentação escolar. “Baseados nestas informações e conforme a realidade de cada região, abrimos às gerências a possibilidade de adiamento das aulas”, disse.

A alteração, entretanto, não deve trazer prejuízos ao cumprimento do conteúdo programático. “O calendário escolar já foi elaborado com margem para eventualidades e não deve ser afetado. Em virtude do adiamento, as unidades que começariam no dia 10 poderão diminuir o recesso escolar no meio do ano ou prolongar o número de dias de aula”.

Início das aulas
Dia 10/02: Concórdia, Itapiranga, Ituporanga, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Laguna, São Bento do Sul, São Lourenço do Oeste, São Miguel do Oeste, Rio do Sul e Taió. (total de 121 mil estudantes)
Dia 13/02: Araranguá, Braço do Norte, Caçador, Campos Novos, Canoinhas, Chapecó, Curitibanos, Dionísio Cerqueira, Ibirama, Lages, Maravilha, Palmitos, Quilombo, São Joaquim, Seara, Timbó, Videira e Xanxerê. (total de 203 mil estudantes)
Dia 17/02: Blumenau, Brusque, Criciúma, Grande Florianópolis, Itajaí, Joinville e Tubarão. (total de 261 mil estudantes)

Fonte: Agência ALESC

Compartilhe!