cafe_25_09O deputado estadual Carlos Mosconi (PSDB-MG) está integrando a delegação brasileira que participa essa semana (24 a 28/09) da 109ª Sessão da Organização Internacional do Café (OIC), em Londres (Inglaterra). Mosconi, juntamente com os outros brasileiros, apresentaram a candidatura de Minas Gerais para sediar, em 2013, a reunião dos 50 anos da OIC. A sugestão foi bem aceita pelos  membros da organização. O encontro será em Belo Horizonte no mês de setembro.

Para Mosconi (PSDB-MG), único integrante da Assembleia Legislativa (ALMG) na delegação, comemorar os 50 anos da OIC em Minas Gerais representa uma vitória para o Brasil e para o Estado. “Isso é um reconhecimento internacional pelo esforço e competência dos brasileiros e dos mineiros no setor cafeeiro. Nosso país é o maior produtor e exportador mundial de café, e segundo maior consumidor do produto”, argumentou. Mosconi também informou que Minas Gerais é responsável por mais de 52% da supersafra brasileira.

Em 2011, o Brasil produziu 43,5 milhões de sacas de 60 kg. De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o Brasil possui hoje uma área plantada de 2,3 milhões de hectares, com cerca de 5,7 bilhões de pés – pouco mais da metade só no Estado de Minas Gerais. A safra prevista para 2012 é de 50,62 milhões de sacas.

OIC – O mineiro Robério da Silva Oliveira é o diretor-executivo da OIC. A instituição é o principal fórum intergovernamental sobre o café. Atualmente, 77 países, que representam 97% da produção e 80% do consumo mundial, integram a organização. Segundo o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Elmiro Nascimento, que também participa do encontro, a OIC tem um papel fundamental para a melhoria do setor e expansão do consumo.

“Trata-se de uma atuação de amplo alcance, com o objetivo de assegurar aos consumidores o abastecimento adequado de café a preços equitativos e, aos produtores, mercados para o produto a preços remunerativos e que contribuam para o equilíbrio de longo prazo entre a produção e o consumo”, ressaltou o secretário.

A representação brasileira na OIC é liderada pelo embaixador Marcos Vinícius Pinta Gama. Além do deputado Mosconi e do secretário Elmiro Nascimento, também integram a delegação a  Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg), o Ministério da Agricultura e Pecuária, e o Ministério das Relações Exteriores.

Fonte: ALMG

Compartilhe!