O coordenador geral do ILB/Interlegis, Luís Fernando Machado, apresentou soluções para a capacitação de parlamentares e assessores no primeiro painel da 25ª Conferência da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), realizado nesta quinta-feira (10). O gestor classificou os legisladores como multiprofissionais, que devem ter conhecimentos em áreas diversas, como políticas públicas, regimento interno, transparência e orçamentação.

Para dar conta dessa tarefa complexa, os parlamentares podem contar com serviços disponibilizados pelo ILB/Interlegis, que é um programa do Senado Federal. Luís Fernando Machado lembrou que a Plataforma Saberes disponibiliza mais de 30 cursos gratuitos online. A Casa está lançando agora uma nova iniciativa, o Legiscon, por meio do qual haverá multiplicadores parceiros que vão replicar, dentro de suas instituições, os conhecimentos  aprendidos no âmbito do Interlegis.

Além de cursos, o gestor afirmou ainda que há ferramentas institucionais desenvolvidas no âmbito do Senado Federal que podem ser compartilhadas com outras casas legislativas, sem custos, bastando a assinatura de um acordo de cooperação técnica. Exemplo disso é uma solução para o processo legislativo eletrônico, que permite o fim do uso de papéis no dia-a-dia da instituição. Por fim, em entrevista, Luís Fernando observa que o mandato é uma construção coletiva e, portanto, envolve o conceito de governança. “Há um líder que vai distribuir tarefas. Isso depende de um planejamento estratégico, de uma gestão de risco e de uma equipe capacitada, treinada e pronta para dar suporte ao parlamentar”, finalizou.

Por Raero Monteiro

Compartilhe!