O deputado Fernando Scanavaca, líder do PDT na Assembleia Legislativa do Paraná, foi indicado relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar possíveis irregularidades ocorridas nos Portos de Paranaguá e Antonina. Os trabalhos deverão ser concluídos em 120 dias, quando será apresentado ao presidente do Poder Legislativo e ao Plenário, um relatório final.

O deputado Fernando Scanavaca, líder do PDT na Assembleia Legislativa do Paraná, foi indicado relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar possíveis irregularidades ocorridas nos Portos de Paranaguá e Antonina. Os trabalhos deverão ser concluídos em 120 dias, quando será apresentado ao presidente do Poder Legislativo e ao Plenário, um relatório final. “Este será um trabalho muito importante que vai esclarecer as dúvidas que ficaram nos paranaenses, principalmente sobre a gestão do últimos oito anos dos portos do Paraná”, destacou Scanavaca.

A CPI dos Portos foi instalada pelo presidente Valdir Rossoni (PSDB), ao término da sessão de segunda-feira (6). A comissão foi criada a partir de um requerimento do deputado Douglas Fabrício (PPS), que contou com a assinatura de 22 parlamentares. Também integram a comissão os deputados Jonas Guimarães, Stephanes Junior e Ademir Bier (PMDB), Mauro Moraes (PSDB) e Evandro Junior (PSDB), Professor Lemos (PT), Hermas Brandão Junior (PSB), Rasca Rodrigues (PV) e Elio Lino Rusch (DEM).

Compartilhe!