banner-489x385Até o dia 30 de junho, as emissoras Legislativas poderão encaminhar seus documentários produzidos para concorrerem na “II Mostra de Documentários da ASTRAL”. As emissoras terão a oportunidade de divulgar, expandir e ter reconhecido nacionalmente, os seus trabalhos desenvolvidos. A novidade deste ano, em relação a 2017, é a ficha de avaliação técnica, que determina as diretrizes do julgamento de cada documentário. Poderá participar qualquer canal (web TV, cabo ou UHF) de TVs Legislativas associado ou não à ASTRAL.

“Até o final de junho, as emissoras Legislativas poderão encaminhar seus documentários produzidos para concorrerem na “II Mostra de Documentários da ASTRAL”, lembra Luciana Rivelli Amélio, Secretaria Geral da Astral e Diretora da TV Câmara Jundiaí (SP).

Os conteúdos enviados passarão pelo crivo da Comissão Avaliadora, composta por grandes nomes da comunicação legislativa brasileira:

Alessandra Marquez Anselmo, diretora de Rádio e TV Câmara dos Deputados (DF); Florian Madruga, Presidente da Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e Contas (ABEL), Renato Nery, Diretor Executivo da Cine (SP); Ângela Silva Brandão, Diretora Executiva da Secretaria Social de Comunicação da TV Senado (DF); Luiz Carlos Santana, Jornalista e Servidor Efetivo da TV Senado (Interlegis) e Sérgio Lerrer (SP), Jornalista do Pró Legislativo.

A ficha de avaliação visa mensurar a qualidade dos documentários, analisando os trabalhos de edição; trilha sonora; ambientação das personagens; adequação ao gênero documentário; adequação da narrativa; postura adequada com os entrevistados; compromisso ético com o público das TVs Legislativas; tratamento adequado à TV Pública; inovação e criatividade na forma de abordar o tema e trazer audiência para a TV Legislativa.

Havendo empate na pontuação final, será classificado o documentário que apresentar nota superior no fator “ADEQUAÇÃO À LINHA DE PROGRAMAÇÃO DAS TVs LEGISLATIVAS”. Persistindo o empate, o desempate se dará através de sorteio.

Cada emissora poderá enviar, no máximo, dois documentários de curta duração e outros dois de média e longa duração, através de link compartilhado do google drive e deverão ser enviados para o e-mail gerencia@astralbrasil.org até a data estipulada no cronograma.

Fonte: ASTRAL
Compartilhe!