Congressistas puderam acompanhar toda a palestra de modo online e presencial

O cenário econômico brasileiro foi tema de palestra, em um dos painéis disponíveis na 25ª Conferência Nacional da Unale nesta quinta-feira (10). O economista especializado em Inovação Pública, Gustavo Grisa foi convidado para falar sobre o tema e compartilhou suas experiências acerca do assunto.

No início da palestra, Gustavo  projetou cenário econômico no ano de 2023. “Nós teremos um presidencialismo de multicoalizão, que envolvem os governadores e os legislativos estaduais em um nível que, talvez, nenhum governo desde a redemocratização, precisou fazer. O senhor presidente eleito vai precisar fazer isso para governar”.

Ele ainda comentou sobre oportunidades para os parlamentos estaduais, nova agenda legislativa. Ganho de espaço dos novos legisladores. Incertezas no orçamento. “As vezes o deputado que está entrando, ele demora um pouco para acordar para as questões de orçamento. É fundamental termos orçamentos mais realistas. E as relatorias do PPA e orçamento são funções estratégicas”.

Com os resultados das urnas garantindo uma presença forte de nomes conservadores no Congresso e um presidente eleito de esquerda, o especialista destacou que a pauta econômica será a única que haverá consenso. “É o governo federal que terá capacidade de liderar e entrar no jogo de multicoalizão. Quando eu falo de multicoalizão, é o que precisa ser feito, a despolarização é ele conseguindo fazer”.

Por Danilo Gonzaga/ Ascom Unale

 

Compartilhe!