O governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho, assegurou nesta segunda-feira (20) à diretoria da Unale que Maceió será a sede da XVII Conferência Nacional da entidade, no final de maio do próximo ano. O anúncio foi feito logo após o almoço oferecido pelo governador, no Palácio Floriano Peixoto, aos participantes de reunião da diretoria executiva da Unale, na sede da Assembleia Legislativa de Maceió.

“Está decidido que a próxima reunião da Unale será em Maceió” – afirmou Teotônio Vilela Filho. “Vamos receber com zelo os mais de mil participantes e suas famílias para esse encontro“ – acrescentou, logo após fazer uma análise da história do Estado e sua importância na consolidação da democracia brasileira.

Tanto o presidente da Unale, deputado Joares Ponticelli, como do legislativo alagoano, Fernando Toledo, fizeram questão de destacar a importância da decisão tomada pelo governador. Para Toledo, Alagoas terá grande satisfação e prazer em organizar a Conferência juntamente com a diretoria da Unale. Ponticelli destacou que o governador reconhece o trabalho da entidade, “demonstra respeito, reconhecimento e comprometimento com a nossa causa”.

maceiofoto 01

Fim de impasse

A decisão do governador alagoano pôs fim a dúvida que persistia sobre a definição da sede da próxima Conferência Nacional da Unale. Paraná e Maranhão se manifestaram favoráveis a receber o encontro. Amazonas, que já sediou duas CNLE, se colocou como opção no caso de não haver condições de realiza-lo em um dos dois outros estados. A Unale, através de sua diretoria executiva, ficou de definir a situação até o décimo dia de outubro.

No encontro realizado durante a manhã na Assembleia Legislativa, dirigentes da Unale e deputados estaduais de todas as regiões brasileiras também aprovaram o orçamento da entidade de R$ 4 milhões para o período de julho/2012 a julho/2013. As despesas gerais para o período são estimadas em R$ 3,6 milhões, com uma reserva de R$ 400 mil.

Ainda durante o encontro foram aprovadas as agendas interna e externa da entidade até o fim do ano. No cenário internacional, está prevista a participação de delegações de representantes da Unale em encontros na China (11 a 13 de setembro), México (28 a 31 de outubro), Rússia (31 de outubro a 11 de novembro) e, novamente, México, em 1º de dezembro, na posse do presidente eleito, Enrique Piña Neto.

Compartilhe!