imagemRealizou-se em Salvador, de 19 a 22 de novembro, o 43º Encontro Nacional da Federação Nacional, dos Servidores dos Poderes Legislativos Federal, Estaduais e do Distrito Federal – FENALE, que discutiu o tema “Defender Direitos e Lutar por Novas Conquistas – Humanizar as Leis é Preciso” neste evento, simultâneo à 23ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos (CNLE), promovida pela da União Nacional dos Legisladores e Legislativo – UNALE.

O evento teve início na manhã de 19 de novembro, no Auditório da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, reunindo representantes de 25 entidades sindicais e associações parceiras de servidores legislativos da União, de 18 Estados e do Distrito Federal.

A mesa da solenidade de abertura do Encontro, que teve como mestre de cerimônia o secretário geral da entidade, Nelson Menezes Florisbal,  foi composta pela secretária-geral da UNALE, deputada Ivana Bastos (PSD) – que representou o presidente da ALBA, deputado Nelson Leal; o deputado Kennedy Nunes (PSD/SC), presidente da UNALE; o presidente da FENALE José Eduardo Rangel; o diretor-geral da Unale, Germano Stevens; e o presidente da Pública – Central do Servidor, José Gozze. Presentes, ainda, o presidente do Instituto Mosap, Edison Guilherme Haubert, e o superintendente de Recursos Humanos da ALBA, Francisco Raposo, que presidiu a FENALE de 2000 a 2006.

Durante a cerimônia foram prestadas diversas homenagens às autoridades presentes, aos ex-presidentes e fundadores da FENALE e em seguida foi iniciado o Pinga-Fogo, momento em que os representantes das entidades filiadas falam sobre a realidade de cada Assembleia, seus problemas e suas conquistas.

CARTA DE SALVADOR

No Encontro, o Conselho de Representantes da FENALE aprovou importantes moções sobre questões que afetam a sociedade brasileira e foi aprovada a Carta de Salvador, com o tema “Valorização do Serviço Público”, com o posicionamento da entidade frente à política governamental de desmonte dos serviços públicos e a demonização dos servidores.

Participaram do Encontro, entre outros, representantes de entidades do Distrito Federal e dos seguintes Estados: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Sergipe, Alagoas, Paraíba, Amapá, Amazonas, Pará, Acre, Rondônia, Roraima, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Gaspar Neto / Ascom FENALE
Compartilhe!