evento_interlegisUma série de encontros dos parceiros marcou, nesta terça-feira (6), a programação inicial da XVIII Conferência Nacional da Unale (CNLE), em Brasília. As 16 entidades que atuam pelo desenvolvimento e fortalecimento das Assembleias Legislativas promoveram reuniões para discutir assuntos específicos de sua área de atuação nos encontros simultâneos, que agregam conteúdo ao evento.

Para o presidente da Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas (Astral), jornalista Rodrigo Lucena, a participação das empresas na Conferência enriquece o debate e favorece a sua amplitude. No caso das televisões e rádios legislativas é o momento do encontro do político com o técnico, segundo Lucena, “o que contribui para o crescimento do sistema em todo o país”.

No encontro do Parlamento Amazônico, o atual presidente, deputado José Luis Tchê (PDT/AC), apresentou o relatório de sua gestão à frente da entidade, com destaque para as discussão do marco regulatório da mineração, promovido no Tocantins; a demarcação de terras indígenas, em Roraima e a área de livre comércio, no Acre. O deputado Freire Júnior (PV/TO) assume a presidência da organização.

Abertura oficial
A abertura oficial ocorre nesta quarta-feira (7), às 9h30, no Centro de Eventos da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC). A Conferência Nacional é realizada anualmente pela Unale. Este ano, o evento conta com a parceria da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) para debater os temas “Eleições – desafios e oportunidades e a agenda de investimentos urgentes para o Brasil”.

Estão previstas a presença do senador Aécio Neves (PSDB), do presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), deputado Wasny de Roure (PT), do presidente da Câmara dos Deputados, deputado Henrique Alves (PMDB), e do governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT).

Texto: ASCOM/Unale
Foto: Anderson Ueslei

Compartilhe!