Iniciando as atividades do primeiro dia da 23ª Conferência Nacional da Unale, 14 entidades ligadas ao Legislativo Estadual realizam eventos simultâneos hoje (20), em Salvador/BA. Durante esta manhã, oito reuniões tiveram início, sete continuam pela tarde e mais seis terão início após o almoço.

O presidente da Unale, deputado Kennedy Nunes (PSD-SC), e a próxima presidente da entidade, deputada Ivana Bastos (PSD-BA), acompanharam o andamento de todos os eventos e deram boas-vidas aos participantes.

Em seu discurso, Nunes reforçou o papel dos parlamentares no sentido de ser WhatsApp Image 2019-11-20 at 11.49.38representante direto do povo. Também falou do trabalho desenvolvido, durante o um ano de sua gestão, no combate ao suicídio, a automutilação e a violência contra a mulher. Estas bandeiras foram temas de cinco Seminários Regionais e o protocolo de ideias será entregue à ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Brasil, Damares Alves.

“Trabalhamos este ano para mostrar a Unale e torná-la reconhecida por sua importância. Também debatemos temas de relevância nacional na área de humanização e vamos impactar positivamente a próxima geração”, destacou Nunes.

Já Ivana destacou a importância das entidades legislativas, reunidas neste primeiro dia. “A Unale não são apenas deputados, mas o conjunto de servidores, seja da taquigrafia, cerimonial, recursos humanos ou outro, que formam o poder legislativo”, disse a deputada. Como anfitriã deste grande encontro, a parlamentar também falou da alegria de receber todos os participantes.

ENTIDADES LEGISLATIVAS

WhatsApp Image 2019-11-20 at 11.49.37Se reuniram no Sotero Hotel a Associação Brasileira de Cerimonialistas dos Legislativos Estaduais (ABCLE). A entidade debateu a procedências em situações diversas e linguagem técnica do cerimonial.

Outras sete entidades iniciaram pela manhã suas reuniões no Quality Hotel e Suítes São Salvador. Entre elas, a Associação Brasileira de Televisões e Rádios Legislativas (ASTRAL), que trouxe para seus participantes, a discussão sobre acessibilidade na televisão e quem precisa ser incluído nela. Enquanto a Rede Legislativa de Governança e Gestão (REGOV) abordou os temas “Governança Corporativa” e “Lei Geral de Proteção de Dados”.

Já a Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas (ABEL) abordou a humanização por meio de duas palestras, que falaram sobre a ligação do jovem com o parlamento e a violência contra a mulher. “Este é nosso 34º encontro e esses dois temas têm tudo a ver com a proposta da humanização. O primeiro aproxima o jovem das atividades legislativas e o segundo é lançamento da cartilha em quadrinhos sobre a Lei Maria da Penha”, explicou o presidente da Abel, Florian Madruga.

Outra entidade que abraçou o tema geral da Conferência e falou sobre a humanização foi a União Nacional de Taquigrafia Parlamentar e Judiciária (UNATAQ). “A gente está trazendo a abordagem sobre como a tecnologia pode ser uma auxiliar no trabalho do taquígrafo e não um ponto de desumanização. Este trabalho sempre vai precisar de um ser humano por traz do trabalho de automação”, pontuou a presidente da Unataq, Adriana Melo.

Também se reuniram nesta manhã a Associação Nacional dos Servidores Públicos em Recursos Humanos do Legislativo (ANSREHL); Federação Nacional dos Servidores dos Poderes Legislativos Federal, Estaduais e do Distrito Federal (FENALE); União Nacional das Polícias Legislativas (UNIPOL). Todas elas voltam a se reunir no período da tarde.

Nesta tarde se reúnem a Associação Nacional dos Consultores Legislativos (ANACOL) e a Associação Nacional dos Procuradores e Advogados do Poder Legislativo (ANPAL), no Quality Hotel e Suítes São Salvador. Já no Sotero Hotel terão reunião a Frente Parlamentar Interestadual de Mobilização Nacional Pró Criança e Adolescente (FENACRIA), a Rede Nacional de Ouvidorias Legislativas e o Parlamento Amazônico. O Bloco Brasileiro da União de Parlamentares Sul Americanos e do Mercosul (UPM) se reúne Real Classic Bahia Hotel.

Marina Nery / Ascom Unale
Compartilhe!