embaixador do sahara ocidental visita a unaleO embaixador do Sahara Ocidental, Hamdi Bueha (no centro da foto), visitou a Unale na manhã desta quarta-feira (11). Recebido pela ex-deputada federal Maninha (PSOL/DF) e pelo diretor geral da entidade, Lauri Gisch, o embaixador demonstrou interesse em estreitar as relações com o Brasil, uma vez que seu país não tem nosso reconhecimento diplomático.

De acordo com Lauri Gisch (à esquerda), a parceria vai ser analisada. “Nós levaremos o assunto à diretoria da Unale. Vamos analisar a nota de esclarecimento que eles nos enviarão e veremos como ajudar nesse reconhecimento do Sahara Ocidental. Vejo que o Brasil só tem a ganhar”, afirmou.

Hamdi está otimista: “Já falamos com o Itamaraty. Eles estão analisando nosso processo de reconhecimento. Estou muito otimista”.

A economia saharauí dispõe de muitos recursos naturais, entre eles a pesca, o fosfato e o petróleo. A exploração desses recursos faria do país um dos mais ricos de África. A mina de fosfatos de Bu-Craa é uma das maiores mundo, sendo a sua exploração feita a céu aberto. O minério daí extraído é considerado um dos que apresentam maior qualidade a nível mundial.

Compartilhe!