A partir desta quinta-feira (29), os convidados internacionais que acompanharão as Eleições Gerais 2022 participarão de extensa programação, em Brasília, preparada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Eles assistirão a um ciclo de palestras até sábado (1º) e, no domingo (2), dia do primeiro turno do pleito, presenciarão o início da votação em uma seção e o Teste de Integridade das Urnas Eletrônicas, visitarão locais de votação e retornarão ao TSE para assistir à totalização dos votos.

Entre as autoridades e personalidades convidadas, estão integrantes do Instituto Internacional para Democracia e Assistência Eleitoral (Idea Internacional). São eles: a ex-presidente da Costa Rica Laura Chinchilla; a ex-vice-presidente da Colômbia Marta Lucía Ramírez; a senadora uruguaia Mónica Xavier; o secretário-geral Kevin Casas-Zamora; e o diretor regional para América Latina, Daniel Zovatto.

As Eleições 2022 também contarão com a presença de convidados internacionais de Portugal, da Rússia, da França e da Espanha.

Confira a programação:

Quinta-feira (29)

Na quinta de manhã, a partir das 9h30, no Hotel Windsor, será realizada a sessão de abertura do ciclo de palestras que serão apresentadas aos convidados internacionais e transmitidas pelo Canal do TSE no YouTube. O ministro Alexandre de Moraes abrirá o evento, ao lado da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Rosa Weber, do presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Beto Simonetti, e do chefe da Missão de Observação da União Interamericana dos Órgãos Eleitorais (Uniore), Lorenzo Córdova.

Em seguida, às 11h, os convidados assistirão à palestra sobre o tema “Eleições Gerais 2022: quadro geral e grandes números”. As apresentações ficarão a cargo de Polianna Pereira dos Santos, assessora-chefe da Escola Judiciária Eleitoral do TSE, e Bruno Cezar Andrade de Souza, secretário de Modernização, Gestão Estratégica e Socioambiental do Tribunal, com moderação de José Gilberto Scandiucci, assessor-chefe de Assuntos Internacionais.

O ciclo de palestras continua à tarde. Às 16h15, o tema abordado será “Mulheres na política e nas eleições”, com a ministra do TSE Maria Claudia Bucchianeri, a presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE) do Equador, Diana Atamaint, e a assessora sênior de Gênero da Fundação Internacional para Sistemas Eleitorais (Ifes), Regina Waugh. A moderadora será a ministra Luciana Lóssio, ex-ministra do TSE e ex-presidente da Associação de Magistradas Eleitorais Ibero-Americanas (Amea).

Às 17h15, os convidados internacionais vão assistir à apresentação “Ações Afirmativas Eleitorais para Grupos Socialmente Excluídos”, ministrada pelo corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Benedito Gonçalves; pela assessora-chefe de Inclusão e Diversidade do TSE, Samara Pataxó; e por Fábio Esteves, da Comissão de Promoção de Igualdade Racial do TSE. A moderação ficará a cargo do advogado e ex-ministro do TSE Joelson Dias.

Sexta-feira (30)

Uma série de eventos pela manhã, realizados no Hotel Windsor, abrem a programação de sexta-feira. Às 9h30, os convidados assistirão à palestra do ministro Ricardo Lewandowski, vice-presidente do TSE e ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), sobre “As urnas eletrônicas como instrumento da expressão da soberania popular”. Renata Gil, presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), será a moderadora.

Logo após, às 10h, acontecerá a palestra sobre o tema “Desafios da democracia no mundo e na América Latina”, com a ministra do TSE e do STF, Cármen Lúcia, que também é membro da Comissão de Veneza; Kevin Casas-Zamora, secretário-geral do Idea Internacional; e Remo Carlotto, diretor do Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do Mercosul. Laura Chinchilla, ex-presidente da Costa Rica, será a moderadora.

A programação matinal, moderada por Renatta Gorga, jornalista do TSE, fecha com a análise política do contexto eleitoral brasileiro. Os expositores serão Murillo de Aragão, analista político Arko Advice; Ana Cecília de Andrade, jornalista; e André Pereira César, analista político da Hold Assessoria.

À tarde, os convidados internacionais visitarão alguns órgãos com sede na capital federal. Destaque para a visita ao Senado Federal.

Véspera do pleito

No sábado (1°), mais dois eventos acontecerão no Hotel Windsor pela manhã. Às 10h, será realizada palestra sobre “Fortalecimento Institucional e Combate à Desinformação”, com o ministro do TSE, Raul Araújo Filho; a secretária de Comunicação e Multimídia do Tribunal, Giselly Siqueira; e Rafael Rubio, da Universidad Complutense de Madrid. A moderação será feita por Aline Osorio, assessora especial do STF.

Fechando o ciclo de palestras, às 11h30, os convidados assistirão a uma apresentação sobre “Financiamento de Candidaturas”, com o ministro do TSE Sérgio Silveira Banhos e Eron Júnior Vieira Pessoa, assessor de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias do Tribunal. Lara Marina Ferreira, assessora da Escola Judiciária Eleitoral da Corte, será a moderadora.

Dia da eleição (2)

Os convidados internacionais enfrentarão uma jornada intensa no domingo (2), dia do primeiro turno das Eleições 2022. Estão previstas visitas a locais de votação estratégicos, com o acompanhamento da impressão da zerésima, às 7h; do Teste de Integridade das Urnas Eletrônicas; e do encerramento da votação – com a impressão dos Boletins de Urna –, entre outras atividades próprias do processo eleitoral.

No fim da tarde, eles devem acompanhar a apuração e a totalização dos votos na sede do TSE.

Fonte: TSE

Compartilhe!