Na manhã desta segunda-feira, 08, a Unale realizou sua primeira reunião virtual da Diretoria. Além da presidente da Unale, deputada Ivana Bastos (PSD-BA), 32 parlamentares de todo o país participaram do encontro.

Na pauta, foram discutidas medidas de enfrentamento ao Covid-19 e ações do legislativo em todos os estados brasileiros, no sentido de amenizar os impactos causados pela pandemia.

A presidente da Unale iniciou o encontro relatando os trabalhos desenvolvidos pela Unale no atual cenário, que “embora esteja atuando em sistema remoto, tem desenvolvido grandes ações como por exemplo, o envio do boletim informativo diário sobre as ações dos estados e das Assembleias Legislativas, no combate à pandemia; reuniões das Secretarias Temáticas (Defesa do Consumidor, Saúde, Segurança, Mulheres), reuniões com o Colegiado de Presidentes das 27 Casas Legislativas; a criação do Banco de Leis da Unale, que neste momento tem priorizado projetos voltados ao Coronavírus, além de acompanharmos reuniões com parlamentares do Mercosul sobre o combate à Violência Doméstica, Tráfico de Pessoas e Violência contra as Mulheres”.

A temática também foi abordada pelo ex-presidente da entidade, deputado Kennedy Nunes (PSD-SC), que sugeriu a realização de um encontro específico que aprofunde as discussões sobre a violência doméstica e contra a Mulher. “Precisamos fazer algo a este respeito, visto que muitas mulheres e crianças tem sofrido abusos, e esta realidade se agravou muito neste período”, comentou.

A presidente ressaltou ainda a atuação junto ao Governo Federal sobre a proposta de adiamento do Enem, bem como a produção de materiais conjuntos, junto à Secretaria Nacional de Política para Mulheres, com a produção de cartilha com regramentos e incentivo às candidaturas femininas nas eleições municipais.

“Temos trabalhado incansavelmente para elevarmos nossa atuação legislativa e atender da melhor forma a população dos nossos estados e sairmos desse momento mais fortalecidos. Temos ainda buscado através do setor internacional, referências em outros países, como o Protocolo de Taiwan, que aponta medidas tomadas por este país, que embora esteja geograficamente junto à China, teve apenas 04 mortes por Coronavírus e com certeza, podemos nos inspirar nesse e em outros projetos bem sucedidos para retomarmos à nova normalidade”, destacou Ivana.

A deputada Fabíola Mansur (PSB-BA), sugeriu que seja solicitado junto ao Governo Federal, mais informações e transparência quanto aos dados publicados pelo Ministério da Saúde, uma vez que os mesmos pautam as ações e direcionamentos dos estados quanto às medidas a serem adotadas em cada Unidade Federativa.

O deputado Sergio Aguiar (PDT-CE) relatou o difícil momento enfrentado pelo estado que já registra cerca de 4 mil mortes por Covid. “Precisamos unir forças e lutar cada vez mais para salvarmos vidas”, afirmou.

Participaram da reunião ainda, os deputados Lídio Lopes (PATRI-MS), Jorge Everton (MDB-RR), Celise Laviola (MDB-MG), Luiz Gonzaga (PSDB-AC), Nenem Almeida (SD-AC), Alencar da Silveira (PDT-MG), Rodrigo Delmasso (REP-DF), Olyntho Neto (PSDB-TO), Alessandra Campelo (MDB-AM), Diogo Moraes (PSB-PE), Rodrigo Minotto (PDT-SC), Vilmar Zanchin (MDB-RS), Angela Garrote (PP-AL), Gabriel Picanço (REP-RR), Yonny Pedroso (SD-RR), Martinho Carmona (MDB-PA), Herculano Borges (SD-MS), Jose Luis Tchê (PDT-AC), João Batista (PROS-MT), Raniery Paulino (MDB-PB), Adjuto Afonso (PDT-AM), Catarina Guerra (SD-RR), Silvana Covatti (PP-RS), PSDB-RN), Ana Cunha (PSDB-PA), Wellington Moura (REP-SP), Itamar Borges (MDB-SP) e Israel Gama (PR-GO).

Juliana Freitas / Ascom Unale
Compartilhe!