A Assembleia Legislativa do Paraná se associa às ações que marcarão a passagem do “Dia Mundial de Conscientização do Autismo”, nesta segunda-feira (02/03), ao abrir espaço durante a sua sessão plenária, para que lideranças e profissionais que trabalham no diagnóstico e tratamento de casos de autismo possam debater o assunto, para oportuna informação da sociedade e também para que se promovam avanços, cada vez mais, na definição de diretrizes públicas de apoio às pessoas com autismo. “O Poder Legislativo estará sempre aberto e dará total apoio para ações como esta e outras que sejam de informar, educar e conscientizar a população”, afirma o deputado Valdir Rossoni (PSDB), presidente da Assembleia, que no mês de março, ao receber a visita de médicos, educadores, psicólogos e pais de crianças autistas, manifestou integral apoio ao movimento.

Uma audiência pública para mais amplo debate do tema também já está marcada para ocorrer no Plenarinho do Legislativo estadual, no próximo dia 25, a partir das 9 horas, conforme requerimento já aprovado e de autoria do deputado Péricles de Holleben Mello (PT), defensor de uma legislação específica capaz de melhor amparar as pessoas com a doença e seus familiares. “Fomos procurados por várias entidades e vamos apresentar um projeto de lei neste sentido, criando efetivamente políticas públicas para os autistas. Teremos por isso também a audiência do dia 25, que será o momento de discutirmos e aprofundarmos ainda mais essa questão”, destaca o deputado.
Engajamento – Entre medidas que estão sendo implementadas no Legislativo paranaense, alusivas ao “Dia Mundial de Conscientização do Autismo”, estão a iluminação dos edifícios da Casa com a cor azul, como mais uma forma de chamar a atenção para o problema. Ao mesmo tempo, a Diretoria de Comunicação vem ampliando a cobertura do tema através da exibição pela TV Sinal de entrevistas com médicos e psicólogos e a distribuição de matérias de rádio pela internet, acessíveis em www.alep.pr.gov.br/radio_sinal. No Paraná, as diversas instituições que tratam do autismo reivindicam o reconhecimento da especialidade e a criação de políticas públicas que tragam melhorias no atendimento aos autistas e de suas famílias. De acordo com o diretor de Comunicação da Assembleia, jornalista Hudson José, “a atitude da Mesa Executiva da Casa, de oferecer amplo apoio à causa, revela uma das funções sociais do Legislativo, que é a de facilitar o debate e a difusão de informação de temas de grande interesse da população”.

Jornalista: Luiz Alberto Pena e Rodrigo Rossi

Compartilhe!