O relator e o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito dos Leitos do SUS, deputados Marcelo Rangel (PPS) e Leonaldo Paranhos (PSC), respectivamente, entregaram na tarde de quinta-feira (15) o relatório final da CPI ao procurador-geral do Ministério Público do Paraná, Olympio de Sá Sotto Maior Neto.

O relator e o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito dos Leitos do SUS, deputados Marcelo Rangel (PPS) e Leonaldo Paranhos (PSC), respectivamente, entregaram na tarde de quinta-feira (15) o relatório final da CPI ao procurador-geral do Ministério Público do Paraná, Olympio de Sá Sotto Maior Neto.

No encontro os deputados pediram apoio ao MP-PR para denunciar os responsáveis pelo descaso com a saúde em cada região, com base no que foi apurado durante a CPI. “Sabemos da importância desse momento. Depois de quatro meses de muito trabalho, incluindo investigações, diligências, audiências públicas, vistorias e depoimentos. Foram 32 hospitais visitados em 14 municípios. Agora é chegada a hora de entregar o relatório também ao Poder Judiciário, para que adote medidas cabíveis e possa penalizar os culpados imediatamente”, afirmou Rangel. O procurador-geral comprometeu-se a nomear um conselho para analisar os documentos da CPI e produzir um relatório periódico com as ações do Ministério Público, baseadas no trabalho da Comissão Parlamentar de Inquérito.

Fonte: Assessoria de Imprensa, com a colaboração de Kathlenn Kaefer

Compartilhe!