O deputado estadual Carlos Mosconi (PSDB) participou nessa terça-feira, 5, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, do lançamento do Fórum da Cadeia Produtiva do Café. Iniciativa do Governo de Minas em parceria com vários órgãos e entidades representativas, o fórum tem por objetivo fortalecer a produção e o crescimento de negócios no setor.

mosconeO deputado estadual Carlos Mosconi (PSDB) participou nessa terça-feira, 5, na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, do lançamento do Fórum da Cadeia Produtiva do Café. Iniciativa do Governo de Minas em parceria com vários órgãos e entidades representativas, o fórum tem por objetivo fortalecer a produção e o crescimento de negócios no setor.

O governador também assinou o protocolo de intenções para a realização do VIII Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais para 2011.“É louvável o esforço do governador Antonio Anastasia e do secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Elmiro Nascimento, em melhorar consideravelmente a qualidade do café em Minas Gerais”, disse o deputado Mosconi. O café é o principal produto de exportação do agronegócio mineiro.

De acordo com a Seapa, Minas Gerais produz uma safra anual de café de, aproximadamente, R$ 11 bilhões, e possui quase um milhão de hectares plantados.De acordo com Mosconi, eventos, como o fórum, deixam claro o interesse do governo mineiro em promover o café de Minas para o país e para o exterior. “Minas quer se destacar, sobretudo, pela qualidade do café aqui produzido. Atitudes como essa vão crescer ainda mais o setor e proporcionar segurança financeira para o produtor cafeeiro em Minas.

Essas ações também vão beneficiar os trabalhadores rurais”, comentou.Segundo a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG), o Estado passou de 13 milhões de saca, em 1993, para 22 milhões este ano. Além disso, são 150 mil produtores cafeeiros em Minas, gerando quatro milhões de emprego.Convite. Também estiveram presentes ao evento empresas de Poço Fundo, Guaxupé, Andradas, Paraguaçu e Poços de Caldas, pioneiras na produção de café no Estado. Na oportunidade, a Cooperativa Agropecuária Regional de Andradas (Cara), entregou para o secretário Elmiro Nascimento um convite para participar da 1ª Fecara, feira do café, que será realizada no município em setembro.

Foto: Janaina Massote

Compartilhe!