O deputado paraibano Raniery Paulino (PMDB) enviou ofício ao presidente da Unale comunicando a possibilidade de o governo federal transferir o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem) da Secretaria Nacional da Juventude para o Ministério da Educação. Representante da entidade no Conselho Nacional da Juventude (Conjuve), ele obteve a informação durante a 3ª Reunião do Colegiado, realizada em Brasília, no início do mês.
O deputado paraibano Raniery Paulino (PMDB) enviou ofício ao presidente da Unale comunicando a possibilidade de o governo federal transferir o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (ProJovem) da Secretaria Nacional da Juventude para o Ministério da Educação. Representante da entidade no Conselho Nacional da Juventude (Conjuve), ele obteve a informação durante a 3ª Reunião do Colegiado, realizada em Brasília, no início do mês.

“Trata-se de uma medida discordante” – afirma Paulino – “que gerou protestos e debates intensos na referenciada Reunião e que merece a atenção devida dessa entidade de modo que os direitos já conquistados pelos jovens brasileiros não sejam retirados”. Ele julga necessária a criação de Frentes Parlamentares e/ou Comissões que tratem do assunto em todas as Assembleias Legislativas.

Compartilhe!