Foto: Telmo Ximenes

A parlamentar está em sua terceira gestão

A Unale, única entidade com reconhecimento legítimo perante o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) de representação dos 1059 deputados estaduais e das 27 Casas Legislativas do Brasil, é presidida, em 2023, pela deputada Ivana Bastos (BA).

Eleita sendo a parlamentar mais votada entre homens e mulheres na história da Bahia, Ivana Bastos está em seu quarto mandato como deputada estadual e recebeu 118.407 votos, fruto da confiança da população em seu trabalho.

Como presidente da Unale pela terceira vez, a deputada tem o objetivo de estabelecer um maior diálogo entre o parlamento estadual e o Governo Federal, defender os interesses dos legislativos estaduais e, principalmente, fortalecer o nome da entidade em discussões nacionais e internacionais.

“Nesta gestão faremos uma Unale ainda mais forte, com planejamento, responsabilidade e comprometimento perante os estados, apoiando os colegas de todo o Brasil”, explanou.

COPA
Em uma de suas primeiras missões após a posse, a presidente da Unale e Secretária Regional da Confederação Parlamentar das Américas (COPA), a deputada Ivana Bastos participou de reuniões administrativas das três secretarias da entidade, na cidade de Toluca, no México.

A Confederação, que congrega os parlamentos, parlamentares e entidades legislativas americanas, é composta por três secretarias situadas no Brasil (Unale), Canadá (Assembleia Nacional de Quebec) e México (Deputados Locais do Estado do México). O objetivo do encontro era tratar da reativação da entidade, uma vez que a mesma esteve inativa desde o ano de 2020, em decorrência da pandemia.

“A partir deste encontro, tivemos a oportunidade de contribuir, com a experiência da Unale, para este novo momento da COPA, que busca uma maior integração entre os países americanos. Sugerimos a promoção de ações conjuntas e o intercâmbio de boas práticas adotadas em benefício dos cidadãos, agregando experiências, mesmo com realidades tão distintas entre os países do continente americano”, disse Ivana Bastos.

Por Malu Souza/Ascom Unale

Compartilhe!