A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga os serviços prestados pelas empresas de telefonia móvel no Ceará voltará a se reunir, nesta terça-feira (3), no Complexo de Comissões Técnicas da Casa. Conforme o presidente da Comissão, deputado Welington Landim (Pros), desta vez, representantes da operadora Vivo irão apresentar um relatório com dados de investimentos, número de linhas habilitadas e serviços oferecidos em 2013.

Na última terça-feira (26/11), a CPI recebeu o diretor regional da operadora Claro no Ceará, André Barros. Segundo ele, até outubro de 2013, mais de R$ 6 milhões foram investidos para melhorar a tecnologia oferecida pela operadora no Estado. Além disso, “existem 468 antenas para atender a demanda da população do Nordeste, sendo o Ceará o estado com maior cobertura”.

Em reuniões anteriores, a CPI recebeu a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no Estado; as empresas Oi e TIM; representantes do Grupo de Pesquisa em Telecomunicações Sem Fio (Getel) e professores do Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Ceará (UFC). A Comissão deverá ouvir novamente a Anatel.

Fonte: Agência ALCE

Compartilhe!