Vivenciamos um novo modelo de “vida normal” no qual, ainda não é o pós-covid19, mas já está bem menos restritivo que nos primeiros meses de confinamento social.

Em boa parte dos estados as reaberturas e flexibilizações já estão próximas do funcionamento pré-pandemia, exceto pela realização de eventos de grande porte e retorno das aulas presenciais, que em 17 estados ainda não foram retomadas ou não tem data definida para o retorno da rede pública de ensino.

Com o objetivo de retomar a geração de emprego e renda, estados como Sergipe e Tocantins começam a criar ações para acelerar a recuperação da economia.

Em fase menos crítica, outro ponto que começa a ser debatido é a liberação ou não dos eventos políticos, uma vez que os municípios estão em campanha para eleger prefeitos e vereadores.

O governo do Ceará, por exemplo, autorizou a realização de eventos sociais e shows com até 200 pessoas em ambiente aberto, em Fortaleza e nos municípios da Macrorregião. Já o Rio Grande do Norte proibiu a realização de caminhadas, carreatas, passeatas e comícios no âmbito do município de Natal, além de não permitir reuniões de cunho político eleitoral com a presença de mais de 100 (cem) pessoas.

Quanto às Casas Legislativas, a maior parte já retomou as administrativas e as sessões parlamentares de forma híbrida. Confira abaixo o panorama completo. 👇👇

Medidas de Distanciamento Social – Versão 06-10 – Planilha1

AÇÕES EMERGÊNCIAIS NAS ALS – 05_10.xlsx – Planilha1

Marina Nery/ Ascom Unale