Com a publicação da Lei n° 6.833/21, de autoria do deputado Delmasso (Republicanos), o DF passa a contar com uma Política Distrital de Incentivo à Economia Criativa. Segundo o parlamentar, o objetivo é incentivar o surgimento de espaços de criatividade e liberdade criativa, fomentando a troca de experiências e o trabalho em rede para estimular o desenvolvimento econômico, social e cultural.

A matéria considera como economia criativa os empreendimentos, individuais ou coletivos, voltados para de comercialização de bens e serviços de valor social, histórico, artístico ou intelectual.

Podem ser citados o fomento à formação de profissionais, artistas e produtores de toda a cadeia criativa; a produção de informação sobre o tema e sua ampla divulgação; e a institucionalização dessa categoria acadêmica como algumas das propostas de fomento à economia criativa previstas na Lei.

“Acredito no potencial do DF! Temos tudo para ser referência no setor criativo. Vamos trabalhar para dar oportunidade para o empresariado e para novos empreendedores”, afirmou Delmasso.

Fonte: CLDF

Compartilhe!