Foto/Divulgação

O Brasil atingiu a marca de 153 milhões de pessoas com vacinação completa contra a Covid-19, ou seja, quase três quartos da população (72,1%) já se imunizou com as duas doses ou a dose única de um dos imunizantes aprovados para uso no país.

Desde o início da campanha de vacinação contra a Covid-19 no Brasil, 171milhões de pessoas foram imunizadas com a primeira dose, o correspondente a 79 % da população. Outras 61 milhões de doses de reforço também já foram aplicadas.

Nas últimas 24 horas, mais de 20 mil brasileiros concluíram o esquema vacinal — destes, 16.774 receberam a segunda dose e outros 3.246, a dose única. Ainda houve a aplicação de 76.779 primeiras aplicações e de 652.357 aplicações de reforço neste período.

Proporcionalmente, o estado de São Paulo permanece em 1º lugar entre aqueles com a maior parcela da população com vacinação completa: 80,9% de seus habitantes. Ainda estão neste ranking: Piauí (78%), Minas Gerais (75,3%), Santa Catarina (75,2%) e Rio Grande do Sul (74,7%).

O Piauí se mantém na liderança quanto à aplicação apenas da primeira dose, com 88,63% da população local. Em seguida estão os estados de São Paulo (91%), Ceará (84,4%), Santa Catarina (86,30%) e Espírito Santo (82,7%).

Estes e outros dados estão disponíveis no portal de acompanhamento da vacinação, da Unale. Acesse: https://unale.org.br/vacinacao/

 

Veja como está a vacinação em cada estado:

 

ACRE – 1ª dose: 68,5%; 2ª dose + dose única: 55,2%; dose de reforço: 14,9%

ALAGOAS – 1ª dose: 74,1%; 2ª dose + dose única: 60,9%; dose de reforço: 18,9%

AMAZONAS – 1ª dose: 71,6%; 2ª dose + dose única: 58%; dose de reforço: 20%

AMAPÁ – 1ª dose: 62,5%; 2ª dose + dose única: 45,5%; dose de reforço: 8,2%

BAHIA – 1ª dose: 77,7%; 2ª dose + dose única: 68,9%; dose de reforço: 23,3%

CEARÁ – 1ª dose: 84,4%; 2ª dose + dose única: 73,6%; dose de reforço: 28,8%

DISTRITO FEDERAL – 1ª dose: 81,6%; 2ª dose + dose única: 73,1%; dose de reforço: 28,7%

ESPÍRITO SANTO – 1ª dose: 82,7%; 2ª dose + dose única: 71,5%; dose de reforço: 30,4%

GOIÁS – 1ª dose: 79,2%; 2ª dose + dose única: 66,3%; dose de reforço: 20,6%

MARANHÃO – 1ª dose: 73,7% ; 2ª dose + dose única: 55,7% dose de reforço: 14,6%

MINAS GERAIS – 1ª dose: 82,3%; 2ª dose + dose única: 75,3% dose de reforço: 30,7%

MATO GROSSO DO SUL – 1ª dose: 85,8% 2ª dose + dose única: 74,1%; dose de reforço: 34,6%

MATO GROSSO – 1ª dose: 77,6% 2ª dose + dose única: 64% dose de reforço: 16,6%

PARÁ – 1ª dose: 70,9% 2ª dose + dose única: 63,2% dose de reforço: 12,4%

PARAÍBA – 1ª dose: 84,3%; 2ª dose + dose única: 76%; dose de reforço: 33%

PERNAMBUCO – 1ª dose: 82,7%; 2ª dose + dose única: 69,5%; dose de reforço: 23,4%

PIAUÍ – 1ª dose: 90,7%; 2ª dose + dose única: 78%; dose de reforço: 25,7%

PARANÁ – 1ª dose: 85,2% ; 2ª dose + dose única: 74,6%; dose de reforço: 29,5%

RIO DE JANEIRO – 1ª dose: 79,9%; 2ª dose + dose única: 67,5%; dose de reforço: 25,2%

RIO GRANDE DO NORTE – 1ª dose: 80,8%; 2ª dose + dose única: 70,2%; dose de reforço: 30,7%

RONDÔNIA – 1ª dose: 71,4%; 2ª dose + dose única: 61,1%; dose de reforço: 16,5%

RORAIMA – 1ª dose: 64,2%: 2ª dose + dose única: 48,1%; dose de reforço: 9%

RIO GRANDE DO SUL – 1ª dose: 84,2%; 2ª dose + dose única: 74,76%; dose de reforço: 32,9%

SANTA CATARINA – 1ª dose: 86,3%: 2ª dose + dose única: 75,2%; dose de reforço: 23,4%

SERGIPE – 1ª dose: 82%; 2ª dose + dose única: 70,2%; dose de reforço: 25,9%

SÃO PAULO – 1ª dose: 91%; 2ª dose + dose única: 80,9%; dose de reforço: 42,4%

TOCANTINS – 1ª dose: 72% 2ª dose + dose única: 58,6%; dose de reforço: 15,9%

 

Por Danilo Gonzaga/Ascom Unale

Compartilhe!