A enquete, publicada de 17 a 24 de novembro no portal da Assembleia Legislativa do Ceará, indagou aos internautas se concordavam com a tese que defende que a reforma política deva ser submetida à população. A maioria, 90%, defendeu que a sociedade deve ser consultada, por referendo ou plebiscito, sobre esse tema.

Outros 10% consideraram que a participação popular sobre a mudança no sistema eleitoral não é necessária, uma vez que “os parlamentares já são eleitos pelo povo para deliberar sobre este e outros temas”.

A deputada Fernanda Pessoa (PR) concordou com a maioria dos internautas consultados, ressaltando a necessidade de fazer uma reforma política que leve em conta a opinião de toda a sociedade. “É com a manifestação popular que conseguiremos mudar a política brasileira. Os parlamentares eleitos pelo povo devem lutar pelos direitos da população e por um País democrático”, ponderou.

Fonte: ALCE

Compartilhe!