Representantes da CPI da Telefonia Móvel, da Assembleia Legislativa do Ceará (ALCE), se reuniram para discutirem possíveis punições para as operadoras que atuam no Estado. O relator da CPI, deputado Fernando Hugo (SDD), irá apresentar, na próxima quinta-feira (20), à população o relatório final da Comissão, que deverá ser discutido, revisado, votado e entregue às autoridades competentes.

De acordo com o presidente da CPI, deputado Welington Landim (Pros), até a apresente data nenhuma operadora que atua no Ceará entregou à Assembleia Legislativa relatórios técnicos e sugestões para melhorar os serviços oferecidos. “Com essa postura das operadoras, a CPI irá elaborar um relatório propondo multas e até a suspensão da venda dos chips e habilitação de novas linhas. Após a elaboração e revisão, vamos entregar presencialmente o relatório aos órgãos competentes, entre eles a OAB/CE e os ministérios públicos Estadual e Federal”, esclareceu.

Durante o segundo semestre de 2013, a CPI da Telefonia Móvel recebeu, em reuniões semanais, representantes das operadoras Oi, Tim, Vivo e Claro, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e de professores da Universidade Federal do Ceará (UFC). Com os encontros, a CPI colheu informações para a elaboração do relatório técnico, detectou problemas e cobrou melhorias às operadoras.

Fonte: Agência ALCE

Compartilhe!