Search
Close this search box.

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) promove nesta segunda-feira (13), às 15h, uma audiência pública para debater a erradicação da extrema pobreza no Distrito Federal. A discussão de alternativas para o enfrentamento do problema foi proposta pela deputada Arlete Sampaio (PT).

“A falta de emprego, trabalho, educação e moradia e a má distribuição de renda são causas imediatas da pobreza – fato que exige providências do Poder Público para concretizar ações governamentais que efetivem direitos voltados à erradicação da pobreza”, destaca a parlamentar.

Para Arlete, a superação da miséria exige ações concretas por parte do Estado. “É nosso dever, como parlamentar, promover esse debate para contribuir para reduzir a pobreza e eliminar a miséria no Distrito Federal”, defende.

A deputada ressalta que o governo federal vem promovendo, desde 2002, diversos projetos para retirar brasileiros da faixa da extrema pobreza. No DF, o Plano DF Sem Miséria, executado pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda (Sedest), busca reduzir as desigualdades sociais, superar a extrema pobreza, elevar a qualidade de vida da população em situação de miséria e gerar emprego e renda para a promoção social dessas famílias.

Foram convidados para a audiência pública a primeira dama do DF, Ilza Queiroz;  o secretário da Casa Civil do GDF, Swendebeger Barbosa; o secretário da Sedest, Daniel Seidel; o presidente da Codeplan, Júlio Miragaia; o secretário extraordinário para superação da extrema pobreza do MDS, Thiago Falcão, e a representante dos usuários do Conselho de Assistência Social/DF, Edjanes Rosa Araújo.

Fonte: Agência CLDF

Compartilhe!